Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/04/2014 10:00

Por 21º título, Santos tenta superar forte defesa do Ituano

FPF

No domingo passado, o Ituano foi superior e venceu o Santos pelo placar mínimo, conquistando a vantagem de um empate na partida decisiva do Paulistão Chevrolet 2014, que será às 16h deste domingo (13), no Pacaembu, mesmo palco do primeiro embate. Para esta partida, além de um estádio completamente lotado, a expectativa é de um grande confronto, já que o time praiano precisa vencer por mais de um gol nos 90 minutos para levantar a taça pela quarta vez nos últimos cinco anos. Em caso de vitória santista pela diferença de um gol, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Depois de ficar sem celebrar um troféu estadual entre os anos de 1985 e 2005, o Santos voltou a dominar o estado de São Paulo, assim como Pelé, Pepe e companhia fizeram na década de 1960. Desde 2006, ficou fora da decisão somente uma vez, em 2008, e busca sua 21º conquista estadual neste domingo.

Para conseguir a vitória por, pelo menos, dois gols de diferença e evitar as penalidades, o técnico Oswaldo de Oliveira contará com a volta dos laterais Cicinho e Mena, que desfalcaram o time no primeiro jogo em virtude de estarem suspensos. O treinador ainda deve fazer uma mudança no meio-campo, adiantando o meio-campista Cícero e promovendo a entrada do volante Alison na vaga de Gabriel, atacante que vinha atuando no setor.

Esperança de gols santistas, Leandro Damião não escondeu a vontade de se consagrar na final. “Sonhar, a gente sonha mesmo. Até nos treinos tenho me dedicado mais. É concentrar e ver os erros deles. Sempre estudo o adversário e espero ver direitinho para aproveitar os espaços. Temos que focar nesse jogo que é o mais importante até aqui. Estou feliz por estar na final. Temos um grupo forte e não importa quem marcar os gols, pode ser até dois gols do Aranha”, ponderou.

Somando dez vitórias, sendo sete longe de sua cidade, o Ituano quer continuar mostrando porque é o melhor visitante da competição. A equipe, que sofreu apenas 10 gols em 18 jogos, precisa de um empate nos últimos 90 minutos da competição para, não só superar o melhor mandante e ataque do torneio, como gritar “é campeão” pela primeira vez com a participação dos quatro grandes, já que em 2002, quando o Ituano conquistou o título estadual, estas equipes disputavam o Torneio Rio-São Paulo.

Com poucos desfalques e frequência dos mesmos jogadores na equipe titular, o zagueiro Anderson Salles, acredita que este entrosamento é um aliado do Ituano. “Nós temos uma forma de jogar independente do adversário. Nós sempre jogamos da mesma forma. Isso facilita bastante. Estamos jogando há muito tempo juntos e como não muda você já sabe onde cada jogador vai estar em campo. Às vezes nem precisa olhar, e você já sabe onde o companheiro vai estar e a gente consegue fazer a jogada”, disse.

Para o capitão Josa, a frequente busca pela vitória foi o diferencial do Ituano na competição. “A vontade de vencer a cada jogo manteve o nosso foco. Nós sempre pensamos no jogo da semana. Isso sempre foi o nosso diferencial. Com certeza esta semana não foi e não será diferente” afirmou.

Na divisão de elite do futebol paulista, Santos e Ituano se enfrentaram 23 vezes. A vantagem é da equipe praiana, que venceu 14 vezes, contra três do rival e outros seis empates. Somente neste campeonato as duas equipe já se enfrentaram duas vezes.

A primeira partida o Santos venceu por 1 a 0, com gol de Cícero, em jogo válido pela terceira rodada do Paulistão Chevrolet 2014. Já o segundo confronto foi realizado no último domingo, válido pela primeiro jogo da final, onde o Ituano devolveu o placar do jogo anterior com gol do meia Cristian.

Ficha Técnica

Ituano: Vagner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho, Jackson Caucaia e Cristian; Esquerdinha e Rafael Silva.
Técnico: Doriva.

Santos: Aranha; Cicinho, Neto, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Cícero; Geuvânio, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Danilo Ricardo Simon Manis;
Árbitros adicionais: Luiz Flavio de Oliveira e Leandro Bizzio Marinho;
Quarto árbitro: Vinicius Furlan;
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, em São Paulo;
Data: Domingo, dia 13, às 16h.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)