Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/08/2012 07:50

Ponte vence o Cruzeiro fora de casa

FPF

A Ponte Preta visitou o Cruzeiro neste domingo (5) em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro e conseguiu a vitória, pelo placar de 2 a 1, no Independência, em Belo Horizonte.

Com 19 pontos, a Macaca assume a nona posição do Campeonato Brasileiro, enquanto que a Raposa tem 23 e fica na oitava colocação.

A primeira boa chance de gol da partida foi da Raposa, com Diego Renan, que recebeu de Borges, invadiu a área e bateu para fora. A Macaca tentava apostar no contra-ataque nos minutos iniciais e o Cruzeiro buscava impor o ritmo de jogo.

Cicinho chutou de longe aos 13 minutos e a bola bateu na zaga. Aos 17, o meia teve melhor sorte, sendo lançado pelo meio e, sozinho, bateu na saída de Fábio para abrir o placar do Independência.

Wallyson lançou Tinga na área e Roberto chegou para fazer a defesa, com Montillo pegando o rebote e mandando por cima do gol. Aos 24, Wallyson e Tinga voltaram a arriscar a jogada e quase empatam a partida, com nova intervenção do goleiro da Ponte.

A forte marcação da Ponte Preta no primeiro tempo impediu a Raposa de criar chances claras para empatar a partida. Ceará tentou de longe aos 32 e mandou a bola para fora. Depois, Marcinho partiu com a bola pelo meio e, mesmo de frente para o gol, bateu cruzado pela linha de fundo.

O Cruzeiro respondeu no cruzamento de Wallyson, e Borges desperdiçou na conclusão. Wallyson voltou a arriscar aos 36 e mandou por cima da meta de Roberto. Aos 43, Roger tentou o cruzamento fechado e a bola passou em frente ao gol de Fábio.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Cruzeiro empatou o jogo. Montillo cruzou a bola da esquerda, a bola passou por Tinga, e Borges apareceu para completar para o gol.

Com dois minutos do segundo tempo, Marcinho recolocou a Ponte na frente do placar. Ele bateu a falta, a bola bateu no gramado e Fábio não conseguiu a defesa, vendo a bola entrar no gol.

Borges tentou a reação rápida, mas mandou na trave. Depois, Montillo fez a jogada pela esquerda, tentou o cruzamento e Cicinho tirou de cabeça da área. O argentino voltou a cruzar, Léo desviou e Roberto conseguiu a defesa.

Pela direita, Wallyson dominou e cruzou, com o goleiro da Macaca defendendo. Aos 10, a Ponte Preta respondeu na jogada de Rildo, que passou pela defesa, mas viu Fábio pegar a bola. Wellington Paulista, aos 15, fez a jogada para Borges, mas Tinga não chegou para fazer a conclusão.

Marcinho bateu falta para a Macaca aos 18 e Fábio espalmou. Logo depois, Cicinho aproveitou sobra de escanteio para fuzilar contra a meta da Raposa e o goleiro cruzeirense defendeu novamente. Aos 25, foi Roberto, goleiro da Ponte Preta, a salvar sua equipe, em cruzamento de Ceará que Borges completou de cabeça.

Aos 29 minutos, Cicinho conseguiu espaço para bater e mandou do lado de fora das redes. Depois, Roger tentou na cobrança de falta, mandando a bola na barreira. Souza, aos 33, cruzou e Leandro Guerreiro subiu para colocar a bola à esquerda do gol de Roberto.

A Macaca teve três tentativas para marcar o gol aos 36, a primeira que terminou com a defesa de Fábio, depois com Rildo tentando chutar e a defesa travando e Roger que acertou a trave. Aos 40, Diego Renan recebeu de Charles e mandou à esquerda da meta de Roberto.

Diego Renan tentou lançar a bola na área e Roberto ficou com ela. Nos minutos finais, a Macaca recuou para segurar o resultado e garantir a vitória.

O Grêmio é o próximo adversário da Ponte Preta. O Cruzeiro visita o Santos.

Ficha técnica

Cruzeiro 1 x 2 Ponte Preta

Local: Independência, Belo Horizonte (MG);

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR);
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Ivan Carlos Bohn (PR).
Assistentes adicionais: Marcos André Gomes da Penha (ES) e João Batista de Arruda (RJ);

Cruzeiro: Fábio; Ceará (Souza), Léo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Charles, Tinga (Marcelo Oliveira) e Montillo; Wallyson (Wellington Paulista) e Borges.
Técnico: Celso Roth.

Ponte Preta: Roberto; Gerônimo, Tiago Alves, Gustavo e Uendel; Baraka, Somália (Renê Júnior), Cicinho e Marcinho (Caio); Rildo (Diego Sacoman) e Roger.
Técnico: Gilson Kleina.

Gol: Cicinho (PON) aos 17, Borges (CRU) aos 46 do primeiro tempo, Marcinho (PON) aos 2 do segundo tempo

CA: Tiago Alves, Roger, Roberto e Rildo (PON); Wellington Paulista, Léo, Leandro Guerreiro e Ceará (CRU)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)