Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/03/2016 07:20

Políticos do Estado estão na lista dos que receberam doações da Odebrecht

Paulo Yafusso - Campo Grande News

Quatro políticos de Mato Grosso do Sul aparecem na relacão de recebimento de doações para a campanha eleitoral de 2010 da empreiteira Noberto Odebrecht. As listas foram apreendidas pela Polícia Federal durante a Operação Acarajé (23ª fase da Lava Jato) nos endereços de Benedicto Barbosa Silva Júnior, conhecido como BJ, presidente da Odebrecht Infraestrutura.

Nas listas constam que receberam recursos financeiros para a campanha eleitorais os deputados federais Vander Loubet (PT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e ex-governador André Puccinelli (PMDB). Um detalhe é que, à exceção de Azambuja, as doações para os demais políticos do Estado foram feitas diretamente nas contas dos beneficiários, conforme os documentos apreendidos.

O PSDB informou que as doações feitas à campanha de Azambuja, foram destinadas ao diretório regional. Tanto que na listagem da Odebrecht constam que teriam sido feitas liberações em parcelas de R$ 150 mil e R$ 350 mil, e na prestação de contas registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi declarado o recebimento de R$ 400 mil da empreiteira. A diferença, de R$ 100 mil, foi direcionada pelo partido à campanha de outros candidatos tucanos.

Ainda de acordo com o PSDB, o governador Reinaldo Azambuja não conhece nenhum diretor da Odebrecht e nem tem relacionamento com a construtora, já que as doações foram feitas sempre ao partido.

De acordo com os documentos que estão de posse da Polícia Federal de Curitiba, as doações para Loubet e Mandetta foram solicitadas por uma pessoa indicada pela sigla “AA/BJ”. Já para o ex-governador André Puccinelli, a colaboração teria sido pedida por “FR/Foz”.

Em todas as situações, os valores efetivamente liberados está abaixo do que foi requerido. No caso dos deputados federais, por exemplo, os pedidos foram para R$ 50.000,00, mas a empreiteira liberou R$ 40.000,00. Para Puccinelli, a liberação foi de R$ 400.000,00 – R$ 100.000,00 a menos. As doações foram efetivadas no final de setembro e início de outubro, conforme consta nas planilhas.

O Campo Grande News entrou em contato com as assessorias de Vander Loubet, Luiz Henrique Mandetta e André Puccinelli para que eles pudessem falar das doações. Em nota, Loubet afirmou que todas as doações de campanha foram dentro da lei e declaradas à Justiça Eleitoral. André Puccinelli não se manifestou até o fechamento da reportagem não haviam enviado as respostas. Não conseguimos contato com o deputado federal Luiz Henrique Mandetta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)