Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019

Últimas Notícias

18/01/2019 18:47

Política: falta grandeza, sobra esperteza!

Manoel Afonso
Política: falta grandeza, sobra esperteza!

Lamentável! - Observando o exercício da política ao longo dos anos chega-se a triste conclusão de que para a maioria dos políticos o bem comum é apenas o de cada um – e ponto final! ( Justo Veríssimo?) A ação de grandeza é rara no ‘habito cidadã’. Impressiona a falta de senso de grandeza no exercício de cargo público em prol de uma causa maior.

Os escândalos que tem pipocado no país ultimamente é reflexo direto desta falta de grandeza inclusive. Os casos escabrosos envolvendo políticos e agentes públicos da ‘Lama Asfáltica’, ‘Lava Jato’ e tantas operações deflagradas revelam a estatura moral anã dos personagens envolvidos; os tais espertos competentes no ato de levar vantagem financeira (roubar). E pensar que com o voto assinamos o cheque em branco pra eles!


A esperteza se revela no vereador que recebe diárias imorais, do parlamentar que leva comissão da empreiteira de obras com suas emendas e daqueles que vendem suas passagens aéreas da cota pessoal. A propósito: já causara surpresa em Brasília em 2012 quando o deputado federal Fabio Trad (PSD) renunciou ao 14º e 15º salário (CR$53.000,00). Cada gesto mostra o perfil moral do político, como o ex-governador Wilson B. Martins (MDB) que renunciou ao direito de receber aposentadoria do cargo.


A pergunta que não se cala: como o leitor vê a postura dos ‘3 deputados de verão’ Carla Stephanini (MDB), Coringa (PDS) e Izaias Bitteencourt (PRB) beneficiados sem exercer efetivamente o mandato de deputado federal durante o mês de janeiro em pleno recesso? A nomeação de assessores é a ‘sobremesa’ deste banquete imoral com respaldo em lei corporativista da própria casa. O futuro dirá se a opinião pública tem ou não memória para – se for o caso – avaliar os 3 personagens nas urnas. É esperar.


Unanimidade - O bom senso acabou vencendo as habituais vaidades. O presidente Pedro Caravina (prefeito de Bataguassu) será reeleito na Assomassul no próximo dia 24 tendo como tesoureiro Eraldo Jorge – prefeito de Jatei. Caravina vem conseguindo liderar a classe numa fase difícil para as cidades do nossas carentes de recursos principalmente do Governo Federal. ‘Fuerza Caravina’.


Inexperiência - Ou simplesmente sede de poder? O imbróglio que se formou pelo comando do PSL no Estado seria por causa de uma das hipóteses ou de ambas. O bom desempenho eleitoral nas últimas eleições não é passaporte que garanta a repetição do feito nas eleições municipais de 2020. Política exige habilidade. Para piorar, a viagem dos parlamentares do partido à China provocou um terremoto no partido. Novos capítulos virão.
Internet - Faz sucesso a paródia de ‘Eu nasci há 10 mil anos atrás’ do Raul Seixas com a seguinte versão: “Eu vi o PT deixar de ser vermelho / Vi Manoela cair na igreja de joelho / Vi Haddad negar Lula por 3 vezes diante do espelho, eu vi / Fui testemunha da conversa do infiel / Eu vi a estrela do PT subir ao céu / E pra aquele que provar que estou mentindo eu tiro meu chapéu.”


"Fatalidade" - O advogado Silva Jardim foi um abolicionista e republicano notável. Nome certo para integrar o novo Governo foi antes à Europa com a família. Mas ao visitar o vulcão Vesúvio (Pompéia) aproximou-se demais e foi tragado por uma fenda e acabou morto. O fato causou comoção em todo o país. Em dezenas de cidades há ruas batizadas com seu nome. No Estado do Rio de Janeiro, uma cidade próxima ao local onde nasceu leva seu nome. A vida como ela é!


Musculatura - Ledo engano imaginar o Senai restrito aos segmentos comercial e industrial. Na abertura da Showtec 2019 em Maracaju, o presidente da FIEMS Sergio Longen pontuou a estrutura do Senai para atender também a agroindústria com cursos para manutenção de máquinas agrícolas. Na feira o Senai mostrou produtos inovadores: o programa de energia fotovoltaica e os serviços de análise de qualidade dos grãos.


#Ele não #Pois é – muitos artistas que se posicionaram contra a candidatura de Bolsonaro estariam na longa lista dos beneficiados com a Lei Rouanet, onde o dinheiro público (via abatimento de impostos de empresas) é gasto em seus projetos. Daniela Mercuri uma delas. Já quanto ao apresentador Luciano Hulk, além do jatinho financiado pelo BNDES, teria levado R$19,5 milhões pela Lei Rouanet em seu projeto CRIAR. Essa petezada não brinca.


"Festança" - Com o advento das famosas ou controvertidas Organizações Não Governamentais (ONGs) criou-se um terreno fértil para picaretagens de todas as espécies nas mais diferentes áreas; da educação, saúde e meio ambiente. Muita gente levando dinheiro dos cofres públicos sem realizar obra ou ação alguma. Apurar quem é quem é dever do Governo. O mesmo remédio está sendo usado na questão das aposentadorias irregularidades. O tempo dirá quem tem razão.


Mudanças - As mexidas no Governo Estadual são vistas como positivas. A presença de Carlos Alberto de Assis junto ao Executivo como elo com a Câmara, Prefeitura da capital e lideranças diversas tem motivação política. Já a identificação de Sergio de Paula com lideranças interioranas facilitará sua missão de assessoria. Quanto a Eduardo Ridel, sua posição fica ainda mais fortalecida ali na Casa Civil. Quanto ao senador Pedro Chaves (PSC) para chefiar o escritório de representação em Brasília caindo como uma luva. Aprovação total.


Alerta - A lição dos resultados das eleições municipais de Campo Grande em 2012 não pode ser esquecida pelos políticos. Na política é assim; quando você imagina já ter visto tudo – vem outra surpresa. E agora vivemos numa época sem igual em matéria de relações humanas com a comunicação via internet. Faz sentido o lembrete aos ‘senhores do poder’ em relação ao pleito de 2020. Combinar com o eleitor é preciso!


PLIM... PLIM - As propagandas de estatais ( Petrobras/B. do Brasil etc) que povoavam os intervalos desapareceram da programação da Globo que abocanhava mais da metade das verbas do Governo. Agora é outra realidade com novos critérios para prestigiar outros canais e empresas. A atual postura crítica do jornalismo global nada mais é do que uma consequência disso.


Memória - Ao se eleger presidente em 2012, Lula (PT) foi recebido por Willian Bonner nos estúdios da emissora em São Paulo. Estava selada a aliança PT-Globo que duraria durante todo reinado petista no Planalto. Além das verbas, a Globo tinha a exclusividade das informações em todos os setores do Governo. Um exemplo: as operações da Polícia Federal acompanhadas pelos repórteres e mostradas no JN.


Saia Justa - Aquela entrevista do então candidato Jair Bolsonaro ( PSL) mostrou bem a orientação da Globo quanto a sua postura relacionada ao militar vitorioso. Tanto Willian Bonner como Renata Vasconcelos despreparados, escorregaram nas suas cascas de bananas, aliás, também jogadas na véspera ao candidato Ciro Gomes (PDT). Um fiasco. O eleitor enxergou além das imagens da entrevista.


"Chapa Branca" - Esse tipo de jornalismo que só bajula o poder, sem espaço para críticas e observações menospreza o senso crítico da população. Foi assim com a Rede Globo durante o ‘reinado petista’ e nestas eleições participando do conluio que envolvia até as pesquisas manipuladas. Enfim, o jornalismo dela em associação com os próprios funcionários (artistas) acabou tendo o efeito ‘bumerangue’. E deu no que deu!
Cesare Battisti - Por essas ironias do destino coube ao presidente Evo Morales da Bolívia – afinado politicamente com o Governo Petista protetor do assassino italiano – devolvê-lo à Itália. No episódio saíram desgastados o ex-presidente Lula (PT), seu obediente ex-ministro da justiça Tarso Genro e o STF que interpretou o caso fora do contexto da Lei de Extradição. O atual Governo é quem acabou colhendo dividendos.


Paciência - A torcida é que o STF julgue agora em fevereiro o mérito da ação de inconstitucionalidade promovida pela Advocacia Geral da União para Petrobras fechar a venda a UFN-3 de Três Lagoas á Acron (Russia). O prefeito Ângelo Guerreiro ( PSDB) conta com a geração de empregos (mais de 500) e o aumento de arrecadação do ICMS com as importações do gás boliviano. É o progresso refém da ‘gloriosa’ justiça. Um bom trabalho de bastidores no STF costuma funcionar e bem.


Tudo dominado - As últimas notícias mostram até onde a máfia do cigarro tem influência no meios policiais. Primeiro veio a notícia de que o pessoal do Serviço Reservado da Polícia Militar tinha sido cooptado (comprado) para facilitar a ação dos contrabandistas. Para piorar, agora vem a nota do Campo Grande News apontando policiais rodoviários federais também envolvidos na bandidagem. Se quem é pago por nós passou para o lado de lá – estamos literalmente perdidos.


Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar. (Barão de Itararé)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Fevereiro de 2019
10:20
O maior sanfoneiro do Brasil
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)