Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/11/2013 09:46

Policial “rouba” viatura e ao lado de preso faz ameaças em MS

Campo Grande News

O policial civil Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, foi preso na tarde ontem (2) depois de pegar uma viatura da Polícia Civil e sair pelas ruas do bairro Aero Rancho, na companhia de um acusado de homicídio, ameaçando a população. Os dois apontavam armas de fogo para as pessoas.

Segundo nota divulgada pela Polícia Civil, a dupla estava em um Renault Logan de cor preta e ameaçava com armas as pessoas na rua. Embora não estivesse de plantão no sábado, o investigador pegou a viatura da 7ª Delegacia de Polícia da Capital, onde é lotado, sem autorização.

Na direção do veículo estava Ryan Douglas Wehner Vieira, 21 anos, preso e custodiado na 7ª DP desde que foi autuado em flagrante por homicídio doloso, no dia 31 de março. Ele partiu em fuga assim que viu o carro da Polícia Militar

Após a prisão, ambos foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, onde foi lavrado o flagrante. O policial foi preso e responderá pelos crimes de desobediência, ameaça, desacato, peculato e por entregar veículo a pessoa não habilitada.

De acordo com o delegado Paulo Sá, plantonista na Depac no sábado, não será arbitrada fiança, impedindo que investigador responda as acusações em liberdade. O delegado ainda afirmou que a conduta profissional de Carlos Peterson será apurada pela Corregedoria-Geral da Polícia Civil.

Os acusados foram presos por policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e da Polícia Militar.

Racha e assassinato – Ryan Douglas Wehner Vieira foi preso em flagrante no dia 31 de março deste ano por se envolver em um racha na Avenida Duque de Caxias. Ele foi denunciado por suposta prática de racha, crime previsto nos artigos 121 e 129 do Código Penal e artigo 108 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

O jovem conduzia um veículo Citroen C3 e foi preso após envolver-se em um acidente. O acusado foi submetido a teste de bafômetro e teve a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) recolhida.

Na época, de acordo com testemunhas, Ryan disputava corrida com o VW Polo conduzido por Marcus Henrique de Abreu, de 22 anos, que acabou morrendo após o carro colidir em um poste.

A namorada de Marcus, que também estava no automóvel, Letícia Souza dos Santos, quebrou o braço esquerdo e ficou quatro dias internada. À Justiça, o rapaz disse que não fazia racha e que o acidente foi casual.

Ryan teve um pedido de liberdade provisória negado pela Justiça, assim como três habeas corpus.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)