Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/11/2004 08:09

Policiais do caso DOF condenados a 77 anos de prisão

Campo Grande News

Após 17 horas de julgamento no Fórum de Campo Grande, dez policiais do DOF (Departamento de Operações da Fronteira) foram condenados a 77 anos de reclusão. Eles não podem recorrer da pena em liberdade. Os 10 policiais, entre eles o Coronel Sebastião Otímio Garcia Silva, responsável pelo departamento na época, foram condenados por facilitar a passagem de carros roubados e furtados no Brasil, para a Bolívia e Paraguai, com outras agravantes para cada caso.
O caso foi descoberto em 2000 e levado a julgamento na Justiça Comum, onde foi verificado que o mesmo seria de competência da Justiça Militar. Sendo assim, a ação foi anulada e passada para a responsabilidade da Justiça Militar. O julgamento começou às 8 horas de ontem e terminou à 01h. O Conselho Especial da Justiça ficou reunido por mais de duas horas para deferimento da sentença, que saiu às 03h30. Na sentença, é visível a preocupação da Justiça, em não deixar com que a sociedade perca a confiança no trabalho do departamento. "A segregação visa também restituir a ordem pública e resguardar a imagem da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul". Segundo informações do Ciops (Centro Integrado de Operações da Polícia), seis viaturas e 12 policiais militares conduziram os condenados ao PME (Presídio Militar Estadual).
A sentença determinou que:
- Sebastião Otímio Garcia Silva, que era o Comandante do DOF na época, cumpra pena total de 13 anos, 11 meses e 15 dias de reclusão;
- Marmo Marcelino Vieira Arruda, que era Major do DOF na época, pena de: 13 anos e seis meses;
- Manoel João de Figueiredo, então Cabo do DOF, cumpra pena de: 13 anos e 10 meses de reclusão;
- Paulo Siqueira Barbosa, Carlos Alberto de Souza e Carlos Alberto dos Santos Batistote, soldados, reclusão de: 13 anos um mês
- Amarildo Garcia Hernandes, sargento, pena de 11 anos e seis meses de reclusão
- Juvêncio Alves de Carvalho, Oziel Marques da Silva e Pedro Crizologo Santana, soldados, cumpram pena de nove anos e sete meses.

Informações da jornalista Nadyenka Castro, do Campo Grande News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)