Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

04/11/2007 10:17

Policiais de GO e MT começam a usar pistolas de choque

24horasnews

Policiais militares de Goiás e de Mato Grosso começam nesta semana a usar pistolas que disparam descargas elétricas para render suspeitos. Os dois Estados são os primeiros a adotar o equipamento na segurança estadual, segundo a fabricante, que considera a arma não-letal. Entidades de direitos humanos, no entanto, criticam a pistola.

Conhecida como Taser, a arma, fabricada nos Estados Unidos, dispara dardos que, ao atingir o corpo, provocam uma espécie de choque que paralisa a vítima por 30 segundos. O projétil atinge alvos a até dez metros de distância.

Em Goiás, a polícia recebeu 42 pistolas. Em Mato Grosso, cem armas foram entregues. O gasto dos dois Estados foi de R$ 535 mil. O governo federal ajudou a bancar os custos. Por enquanto, apenas guardas prisionais e grupos de elite, como o Bope (Batalhão de Operações Especiais) de Mato Grosso, vão utilizar o equipamento.

As polícias afirmam que a pistola vai reduzir o número de mortes em confrontos e evitar casos de feridos por balas perdidas. Guardas municipais de três cidades de São Paulo e uma do Rio Grande do Sul já utilizam o equipamento, segundo a empresa fabricante. A polícia do Senado, em Brasília, também já usa o dispositivo.

Em Araçariguama (50 km a oeste de SP), primeira cidade a adotar o dispositivo, o prefeito recebeu a descarga em uma demonstração para os moradores, feita há um ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)