Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/07/2014 09:26

Polícia suspeita que oito homens estupraram e mataram menina

Campo Grande News

A Polícia Civil ainda procura outros três suspeitos de terem estuprado e matado Micheli Gonçalves Benites, 12 anos, moradora da aldeia Bororó, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Ontem (14), quatro pessoas foram presas, entre elas três adolescentes e um maior de idade, Arlindo Freitas, 27 anos.

Todos os envolvidos, indígenas, são suspeitos de terem estuprado e matado a jovem. Apenas um adolescente confessou o crime. A polícia chegou aos homens depois de denúncias feitas por lideranças da aldeia e pelo trabalho da Força Nacional de Segurança.

A jovem foi encontrada morta na tarde do dia 10 de julho, depois de desaparecer por cinco dias. O corpo estava em uma plantação de milho e tinha sinais de violência sexual. Animais, possivelmente cães, ainda devoraram parte da cabeça, do pescoço e do tronco do cadáver.

Segundo relato de um dos adolescentes, eles retornavam de uma festa na região, quando se encontraram com a menina. Um deles teria conversado e tentado manter relação sexual com a vítima. Ela negou, mas o rapaz a levou para o meio da plantação e a estuprou. Em seguida, os companheiros fizeram o mesmo e mantiveram relação forçada com a indígena. Para evitar que ela contasse sobre o estupro, ela foi morta com golpes de foice e facão.

Micheli saiu de casa na noite de sábado (5) e não voltou mais. Segundo a família, ela saiu para se encontrar com amigos.

(Colaborou Sidnei Bronca)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)