Cassilândia, Quarta-feira, 01 de Março de 2017

Últimas Notícias

15/07/2014 09:26

Polícia suspeita que oito homens estupraram e mataram menina

Campo Grande News

A Polícia Civil ainda procura outros três suspeitos de terem estuprado e matado Micheli Gonçalves Benites, 12 anos, moradora da aldeia Bororó, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Ontem (14), quatro pessoas foram presas, entre elas três adolescentes e um maior de idade, Arlindo Freitas, 27 anos.

Todos os envolvidos, indígenas, são suspeitos de terem estuprado e matado a jovem. Apenas um adolescente confessou o crime. A polícia chegou aos homens depois de denúncias feitas por lideranças da aldeia e pelo trabalho da Força Nacional de Segurança.

A jovem foi encontrada morta na tarde do dia 10 de julho, depois de desaparecer por cinco dias. O corpo estava em uma plantação de milho e tinha sinais de violência sexual. Animais, possivelmente cães, ainda devoraram parte da cabeça, do pescoço e do tronco do cadáver.

Segundo relato de um dos adolescentes, eles retornavam de uma festa na região, quando se encontraram com a menina. Um deles teria conversado e tentado manter relação sexual com a vítima. Ela negou, mas o rapaz a levou para o meio da plantação e a estuprou. Em seguida, os companheiros fizeram o mesmo e mantiveram relação forçada com a indígena. Para evitar que ela contasse sobre o estupro, ela foi morta com golpes de foice e facão.

Micheli saiu de casa na noite de sábado (5) e não voltou mais. Segundo a família, ela saiu para se encontrar com amigos.

(Colaborou Sidnei Bronca)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 01 de Março de 2017
Terça, 28 de Fevereiro de 2017
Segunda, 27 de Fevereiro de 2017
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)