Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/06/2016 13:00

Polícia segue em negociação para retirar ocupantes de hotel em Brasília

Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

 

O prédio abandonado do antigo Torre Palace Hotel, um edifício de 14 andares e 140 apartamentos localizado na região central de Brasília, continua ocupado por manifestantes do Movimento Resistência Popular, grupo que luta pelo direito à moradia no Distrito Federal.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) informou que cerca de 12 pessoas estão no prédio, incluindo duas crianças, e que as negociações para a saída deles estão em andamento. "Podem ter mais pessoas, já que o prédio tem muitos quartos", disse o chefe da Comunicação Social da PM, coronel Antônio Carlos.

A desocupação começou na manhã de ontem, mas foi interrompida depois que parte dos manifestantes deixaram o prédio. Abandonado desde 2013, o edifício foi ocupado em outubro de 2015 por cerca de 150 pessoas do movimento, mas já vinha sendo invadido antes por usuários de drogas. A reintegração de posse foi autorizada pela Justiça em decisão de 2ª instância, no dia 24 de maio.

Brasília - Ocupado pelo Movimento Resistência Popular, o Hotel Torre Palace, localizado próximo à Torre de TV, região central de Brasília, passa por operação policial para desocupação. A PM do Distrito Federal
Brasília - Ocupantes resistem em deixar o Hotel Torre Palace Elza Fiuza/Agência Brasil; Agencia Brasil
Além das forças de segurança, equipes da Defesa Civil e secretarias de Habitação, de Desenvolvimento Social e de Ordem Pública Social estão no local acompanhando as negociações para a saída dos manifestantes.

O edifício, localizado no Setro Hoteleiro Norte, área nobre de Brasília, está isolado, sem água e sem energia elétrica. A via N1, em frente ao Eixo Monumental, está bloqueada em frente ao hotel.

Segundo a PM, as pedras e pedaços de madeira espalhados pela rua, foram jogados de cima pelos ocupantes. Cerca de 40 pessoas que deixaram o prédio ontem continuam do lado de fora. Doriana Nunes é uma das coordenadoras do movimento e também saiu do prédio ontem. Ela disse que os manifestantes resistirão à ocupação. "Se subir, vai cair", disse ela.

Edição: Denise Griesinger

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)