Cassilândia, Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

12/10/2020 18:00

Polícia prende três pessoas em flagrante por aplicar golpe em casal via whatsapp

Fonte: Polícia Civil do Estado de Goiás

Redação
Polícia prende três pessoas em flagrante por aplicar golpe em casal via whatsapp

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), foi procurada, na manhã de ontem (07), por um casal de 58 e 60 anos de idade que havia sido vítima de golpe aplicado via mensagens de WhatsApp. Os criminosos se identificaram como sendo o filho de casal, que é auditor fiscal, e ostentavam uma foto dele no perfil do aplicativo de mensagens.

Após algumas trocas de mensagens, os criminosos que se identificaram como sendo o filho da vítima afirmaram que sua conta bancária estava bloqueada e, por isso, precisavam de auxílio financeiro dos pais. As vítimas então realizaram três transferências bancárias, que totalizaram R$ 15.898,00 (quinze mil oitocentos e noventa e oito reais).

Ocorre que, apesar do lucro já obtido no golpe aplicado contra o casal, os criminosos continuaram se passando pelo filho deles e pediram mais valores. Acionada, a equipe da DERCC diligenciou e conseguiu identificar, localizar e prender em flagrante delito três criminosos envolvidos no golpe. Dois deles são proprietários das contas por meio das quais os valores foram recebidos e o terceiro autuado foi um dos responsáveis por conseguir a locação de tais contas bancárias.

Além disso, outros dois envolvidos também foram identificados e a Polícia Civil representará judicialmente pela decretação da prisão preventiva de ambos. Os presos foram autuados pelos crimes de estelionato majorado por ter sido contra idoso e associação criminosa. Eles seguem agora à disposição do Poder Judiciário.

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) alerta que, não obstante a realização incessante de ações policiais, que resultaram na prisão de diversos envolvidos na prática de golpes via WhatsApp, os estelionatos continuam a ser praticados. Portanto, recomenda-se que os usuários do aplicativo de mensagem, ao receberem pedidos de transferências bancárias, mesmo que em nome de familiares e amigos, não devem realizar qualquer disponibilização do valor pecuniário sem que antes verifiquem se o pedido realmente é oriundo daquela pessoa que está se identificando por meio do perfil de WhatsApp.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 28 de Outubro de 2020
Terça, 27 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)