Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/10/2012 12:48

Polícia prende sargente acusado de matar jovem após confundir estouro de pneu com tiro

Agência Brasil

Rio de Janeiro – A Polícia Militar do Rio prendeu o sargento Márcio Perez da Oliveira acusado de matar o estudante Rafael Costa, de 16 anos, com um tiro de fuzil. O crime aconteceu na noite de ontem (28), em Cordovil, na zona norte do Rio. O PM responderá por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Segundo a nota da PM distribuída hoje (29), o policial militar teria confundido o barulho do estouro de um pneu do carro que Rafael dirigia e, achando que o estudante era bandido, disparou contra o jovem, que morreu na hora. Dois irmãos dele estavam no carro.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, lamentou a morte do jovem. Ele afirmou que os policiais só devem atirar quando há segurança, porque a principal missão da PM é a preservação da vida. O corpo de Rafael Costa será enterrado às 16 horas no cemitério de Irajá.

Caso semelhante ocorreu em julho de 2008. Policiais militares atiraram contra um carro, alegando que havia bandidos no interior do veículo. João Roberto Soares, de 3 anos, foi atingido por vários tiros e morreu.

A mãe dele, a advogada Alessandra Amorim Soares, voltava para casa com o menino e o irmão mais novo, Vinícius, então com 9 meses, quando parou o carro para dar passagem a um veículo da PM.

Expulso da PM, o policial Elias Gonçalves respondeu pelos crimes de homicídio qualificado e duas tentativas de homicídio. Ele foi absolvido por juri popular em julgamento no 2º Tribunal do Juri do Rio.



Edição Beto Coura

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)