Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

13/03/2007 09:54

Polícia prende quadrilha de roubo de cobre

24 horasnews

A Delegacia de Roubo de Carga do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado) identificou o principal receptador de carga roubada de cobre do Brasil. O advogado e empresário Manoel do Canto Neto, foi preso na sexta-feira (9) sob suspeita de receptação e formação de quadrilha.

Canto Neto conseguiu a liberdade provisória no domingo (11), mas Izoli Alves de Oliveira, apontado como seu sócio, também preso na sexta, continua detido. Outras quatro pessoas envolvidas no esquema acabaram detidas durante a chamada Operação Vil Metal.

As equipes cumpriram 28 mandados de busca e apreensão. O objetivo maior foi recolher documentos, principalmente notas fiscais falsas. O balanço completo da operação deverá ser concluído terça-feira.

Os policiais detectaram que três núcleos têm em em comum a produção de notas fiscais falsas. De acordo com o Deic, o núcleo batizado de "Interestadual" é controlado por Dagoberto Silva e Antônio Luiz Santos Pinto.

Eles utilizam quatro empresas de fachada para comercializar cobre. As ramificações atingem os Estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Sergipe, Rio Grande do Sul e Espírito Santo.

Canto Neto e Oliveira são os responsáveis pelo núcleo "Generalizado", de acordo com o Deic. Eles são suspeitos de comprar e comercializar cobre ilícito, além de "esquentar" o produto utilizando notas fiscais falsas.

No terceiro núcleo, chamado de "Caipira", concentravam-se os suspeitos de manter a estrutura fiscal e também receptar mercadorias como combustíveis e tecidos. Esse grupo tinha ficava em Paulínia (126 km a noroeste de São Paulo). Quatro pessoas foram presas.

Os presos são Geraldo Naves de Azevedo, o Marião, Alexandre da Silva, André Luiz Buglini, e Jovailton dos Santos, todos envolvidos na venda de notas fiscais.

Foram alvos da operação empresas nas cidades de Mauá, Leme, Rio Claro, Paulínia, Ribeirão Preto, Jandira e Salto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)