Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/03/2013 14:38

Polícia prende 12 suspeitos de cobrar R$ 5 mil para fraudar a previdência

Francisco Júnior, Campo Grande News

A Polícia Federal prendeu, na manhã de hoje, 12 funcionários públicos, representantes de sindicatos rurais e advogados durante a Operação Lavoro (trabalho, em italiano). Eles são acusados por praticar fraudes no INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). As prisões aconteceram em Naviraí, Juti e Itaquiraí, cidades da região Sul do Estado.

A operação também é realizada em Umuarama, no Paraná. Entres os presos estão advogados, funcionários públicos do INSS de Naviraí, presidentes de três Sindicatos de Trabalhadores Rurais, agenciadores e funcionários de uma financeira.

Além das prisões, os agentes federais apreenderam 15 veículos, quatro motos, uma espingarda calibre 36, dois barcos e R$17 mil reais.

De acordo com a PF, o grupo conseguia aposentadorias rurais para pessoas que nunca trabalharam no campo ou não possuíam o tempo necessário para fazer jus ao benefício. O valor do prejuízo para os cofres públicos ainda não foi divulgado pelos policiais.

Após obter a aposentadoria, os integrantes do esquema faziam empréstimos consignados na financeira e rachavam entre os envolvidos no esquema. Os investigados cobravam em média R$ 5 mil pela concessão de cada benefício.

Os envolvidos foram proibidos pela Justiça de patrocinar casos perante o INSS e tiveram o sequestro e bloqueio de todos os seus bens. Dois funcionários da previdência social foram afastados das funções.

A Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS) informou que os presos são representantes dos sindicatos de Trabalhadores Rurais e não de Sindicatos Rurais daqueles municípios, como a Policia Federal havia divulgado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)