Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/01/2008 17:37

Polícia já fala em retrato falado de raptor de Dudu

Ângela Kempfer/Campo Grande News
reproduçãoreprodução

A Polícia Civil diz já ter condições de fazer o retrato falado do possível raptor de Luis Eduardo Gonçalves, o Dudu, desaparecido há um mês. Segundo a investigadora Maria Campos, que acompanha o caso desde a última sexta-feira, tudo indica que o garoto está vivo, mas é forçado a pedir dinheiro e vender coisas na rua. Várias pessoas teriam procurado a Polícia e em depoimento revelado características semelhantes de um homem visto com o garoto na periferia de Campo Grande. “Não tem porque duvidar dessas testemunhas. São pessoas idôneas, que não têm motivo para mentir e as informações são muito parecidas”, diz Maria Campos.

Na semana passada uma nova testemunha surgiu e ainda hoje fotos devem ser apresentadas a mulher para
possível reconhecimento. “Temos alguns suspeitos e queremos ver se ela reconhece um deles como sendo o homem que está com o menino”.

Mesmo garantindo ter visto Dudu, ninguém nunca chegou a perguntar algo ao menino ou informado a polícia no exato momento do contato para que fosse feito flagrante. O que parece estranho e levanta suspeitas sobre a veracidade das informações, segundo Maria Campos não é difícil de entender. “A primeira reação das pessoas é não se envolver, só depois pensam e denunciam.”

A possibilidade de assassinato não é descartada, mas a investigadora diz que a exploração é o mais provável diante dos últimos depoimentos. “Trabalho com a hipótese de encontrar ele vivo. Hoje passei a manhã verificando informações que reforçam essa teoria”, informou a policial.

Outra estratégia de investigação, seria estreitar o contato com a família para descobrir detalhes sobre os dias que antecederam o desaparecimento, na tentativa de descobrir o que realmente ocorreu “juntando detalhes”, justifica Maria Campos que deveria estar de férias até 7 de fevereiro, mas foi chamada para reforçar a equipe de investigação no caso Dudu pela experiência em localizar desaparecidos.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)