Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/08/2005 09:02

Polícia frusta roubo de 115 cabeças de gado em Paranaiba

A polícia chegou a tempo e uma quadrilha não conseguiu embarcar 115 cabeças de gado, que já estavam presas no curral de um propriedade, no município de Paranaiba, distante 2 quilometros da Lagoa Santa (GO) e 40 quilometros de Cassilândia.
Foi o sexto sentido da esposa do empregado da propriedade rural que evitou o roubo do gado. No momento em que o marido estava sendo rendido, amarrado e tomado um calmante para dormir, a mulher ligou da Lagoa Santa, para sua residência. Ao atender o celular, pediu que permanecesse na cidade. Não pode contar mais nada, porque os bandidos estavam ao seu lado.
Não entendendo o motivo da proibição, a mulher resolveu ir até a casa, com a filha de 7 anos. A chegar na porteria, observou que uma pessoa estava com uma espingarda na mão. Os bandidos conseguiram reter a menina, mas a mãe, voltou correndo para a cidade. Segundo o policial que contou esses fatos, ao Cassilândianews, ela joga futebol de campo e tem bom preparo físico, o que a salvou de ficar também retida. A menina também conseguiu escapar.
Na cidade, avisou a Polícia de Goias que informou a PM de Cassilândia, mais perto que a sede em Paranaiba. Rápidamente a polícia se dirigiu para o local, conseguiu prender um dos meliantes, que estava a pé, enquanto outros dois à cavalo, conseguiram fugir. A Rotai permanece na região.
Na sequência chegaram seis caminhões, que foram contratados, para o transporte. A polícia acredita que as vacas seriam abatidas em São Paulo.
Com um dos bandidos preso, a polícia atendeu o celular dele, quando uma pessoa disse que já estava levando a nota fiscal. Apesar de ter recebido a confirmação que estava "tudo limpo", deve ter presumido alguma coisa e não apareceu.
O preso e os seis caminhões foram recambiados para Cassilândia. Durante toda a madrugada foi lavrado o flagrante. Os motoristas foram ouvidos como testemunhas. Agora, o comboio saiu para Paranaiba, que é a comarca competente para o prosseguimento da ação.
A polícia não quiz revelar o nome do preso e dos suspeitos, para não atrapalhar a investigação. Acredita-se que a quadrilha, é formada, na maioria, por integrantes do Estado de São Paulo. Mas, deve ter pelo menos um da região.
Devem ser julgados por tentativa de roubo, formação de quadrilha e cárcere privado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)