Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/02/2014 14:35

Polícia Federal mantém paralisação e pode reforçar greve na Copa em junho

Folha do Estado

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal em Mato Grosso paralisaram as atividades nesta última terça-feira, 25, e continuam o ato hoje (26). O protesto, o terceiro da categoria somente este ano, segue calendário nacional em busca de melhores condições de trabalho. A categoria não descarta uma greve durante a Copa do Mundo. Membro do Sindicato dos Policiais Federais, Paulo Gomes, afirma que entre as reivindicações estão aumento do efetivo e a reestruturação salarial. Gomes afirma que nestes dois dias de paralisação somente os serviços básicos como emissão de passaporte e serviços administrativos vão ser realizados.

O policial federal afirma ainda que no dia de hoje o protesto ganha adesão de policiais rodoviários federais e fiscais da Receita Federal. A categoria deve se mobilizar desde a manhã na região do trevo do Lagarto pedindo o pagamento de adicional de fronteira. Uma das maiores reivindicações da Polícia Federal é quanto ao número de efetivo. Atualmente, no Estado são 350 agentes, 150 em Cuiabá. Para o presidente do Sindicato dos Policiais Federais, Erlon Brandão, o efetivo é muito pequeno, principalmente na região fronteiriça. Em Mato Grosso, segundo Brandão, seriam necessários mais de 900 policiais. “Nosso efetivo é ridículo e sem dúvida, insuficiente para atender a demanda” diz.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)