Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/11/2014 09:32

Polícia Federal indicia ex-prefeito e 26 servidores por fraude em empréstimos

Campo Grande News

A PF (Polícia Federal) indiciou o ex-prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, e outros 26 servidores municipais por fraude em empréstimos consignados. O inquérito policial, concluído nesta segunda-feira (10), fazia parte da Operação Cornucópia, deflagrada em novembro de 2013.

Conforme o delegado da Polícia Federal, Alexandre do Nascimento, os indiciados vão responder por formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato e corrupção passiva. Se condenados pela Justiça, podem pegar de 10 a 20 anos.

O rombo nos cofres públicos está avaliado em R$ 15 milhões. De acordo com a PF, as suspeitas são de que Ruiter teria gerido servidores especializados em fraudar a folha de pagamento do Executivo. A intenção era aumentar a margem para contratação de empréstimos consignados junto a CEF (Caixa Ecônomica Federal) e ao Banco do Brasil.

O inquérito será encaminhado ao MPE (Ministério Público Estadual) que vai denunciar os envolvidos à Justiça.
Ruiter está sendo investigado também na Operação Decoada, deflagrada em 2012, que investiga fraudes em licitação. Mais de 100 pessoas estão envolvidas neste caso, de acordo com a PF.

Hoje pela manhã, o ex-prefeito de Corumbá disse ao Campo Grande News que vai aguardar a manifestação do Ministério Público para se pronunciar, mas garantiu que a autorização de empréstimos não fazia parte de suas atribuições. “Isso não passava por mim. Está vinculado à Secretaria. Não passa pelo prefeito autorização de empréstimo", afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)