Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

11/11/2014 09:32

Polícia Federal indicia ex-prefeito e 26 servidores por fraude em empréstimos

Campo Grande News

A PF (Polícia Federal) indiciou o ex-prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, e outros 26 servidores municipais por fraude em empréstimos consignados. O inquérito policial, concluído nesta segunda-feira (10), fazia parte da Operação Cornucópia, deflagrada em novembro de 2013.

Conforme o delegado da Polícia Federal, Alexandre do Nascimento, os indiciados vão responder por formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato e corrupção passiva. Se condenados pela Justiça, podem pegar de 10 a 20 anos.

O rombo nos cofres públicos está avaliado em R$ 15 milhões. De acordo com a PF, as suspeitas são de que Ruiter teria gerido servidores especializados em fraudar a folha de pagamento do Executivo. A intenção era aumentar a margem para contratação de empréstimos consignados junto a CEF (Caixa Ecônomica Federal) e ao Banco do Brasil.

O inquérito será encaminhado ao MPE (Ministério Público Estadual) que vai denunciar os envolvidos à Justiça.
Ruiter está sendo investigado também na Operação Decoada, deflagrada em 2012, que investiga fraudes em licitação. Mais de 100 pessoas estão envolvidas neste caso, de acordo com a PF.

Hoje pela manhã, o ex-prefeito de Corumbá disse ao Campo Grande News que vai aguardar a manifestação do Ministério Público para se pronunciar, mas garantiu que a autorização de empréstimos não fazia parte de suas atribuições. “Isso não passava por mim. Está vinculado à Secretaria. Não passa pelo prefeito autorização de empréstimo", afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)