Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

03/11/2020 07:40

Polícia disponibiliza ferramenta gratuita para consultar vazamento de dados

Sistema aponta número de vazamentos, sites e datas em que eles ocorreram

Correio do Estado
Ferramente consulta vazamento de dados a partir do e-mail - Foto: DivulgaçãoFerramente consulta vazamento de dados a partir do e-mail - Foto: Divulgação

Devido ao aumento nas ocorrências de vazamento de dados no meio digital, a Polícia Civil de Mato Grosso do sul disponibilizou uma ferramenta gratuita que permite consultar possível vazamento de senhas.

Conforme a PC, são considerados vazamentos a publicação de dados pessoais obtidos ilegalmente por um invasor e que, muitas vezes, são negociados na “darknet”.

Este tipo de crime costuma ser descoberto, em média, após dois anos.

Por conta disso, delegado titular da Delegacia Virtual, Juliano Toledo, disponibilizou para uso geral a ferramenta que permite consultar se a pessoa já teve dado vazados.

No site do delegado, basta digitar o e-mail e clicar em pesquisar para que o sistema consulte várias fontes de vazamentos.

A ferramenta também consulta bases de dados dedicadas especificamente para reunir informações sobre vazamento de dados sensíveis.

O sistema aponta a quantidade de vazamentos, sites e datas em que eles ocorreram. A detecção significa que pessoas mal-intencionadas pode ter acesso a senha utilizada para acessar o e-mail informado e utilizá-la para tentar acesso a outros serviços que tenham a mesma senha.

Especialistas em segurança da informação aconselham a alteração mensal das senhas acesso para evitar esse tipo de crime, além da criação de uma senha diferente para cadas serviço, utilizando letras maiúsculas, minúsculas, caracteres especiais e números.

Um dos maiores vazamentos de dados já conhecido ocorreu entre os anos de 2013 e 2014, quando um invasor obteve acesso a três bilhões de contas de usuários dos serviços da empresa Yahoo, que atingiu dados de identificação pessoal, de cartão de crédito e senhas de acesso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Novembro de 2020
Domingo, 22 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)