Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/06/2016 16:45

Polícia descobre esquema de delivery de cocaína em praças

Correio do Estado

Um esquema de delivery de cocaína e pasta base feito principalmente no bairro Vila Almeida, em Campo Grande, foi descoberto pela Polícia Civil.

A investigação para elucidar o tráfico de drogas demorou dois meses e terminou com a prisão do principal suspeito de distribuir entorpecente na região oeste da Capital. José Mauro Simões da Rocha, o Maurinho, como é conhecido, foi encontrado com 19 papelotes de cocaína e pasta base. O flagrante aconteceu no sábado (11), mas só foi divulgado hoje.

Foi possível chegar ao suspeito depois que usuários foram abordados. O homem, que já fora preso pela Polícia Civil e Polícia Federal outras três vezes, tinha no bairro Zé Pereira o seu "QG" para estocagem do entorpecente e onde realizava transações bancárias ligadas ao crime.

A equipe que estava no caso é do Setor de Investigações Gerais (SIG). Na casa de Maurinho foi apreendido R$ 2.935,00, 618 gramas de substância análoga à cocaína, bicarbonato de sódio usado na mistura da droga e vários comprovantes de depósitos bancários.

A venda da cocaína era feita em praças do bairro Vila Almeida. O suspeito usava Fiat Strada branca para transitar e entregar o entorpecente. Em geral, escondia o produto ilegal em pequenas porções no bolso e só entregava sob encomenda.

As visitas de Maurinho aos usuários eram recorrentes e, em geral, aconteciam em lugares abertos, como praças. De acordo com a equipe do SIG, ele era o principal traficante da Vila Almeida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)