Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/04/2013 13:10

Polícia Civil de Mato Grosso do Sul divulga nota à imprensa

Polícia Civil de MS

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul esclarece à população que, apesar de divulgado, não houve rebelião ou princípio de rebelião seja na DEPAC Piratininga ou Centro, nesta Capital.

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul, através de advogados e representantes da Comissão Estadual de Direitos Humanos, estiveram presentes na DEPAC Piratininga com o intuito de averiguar denúncias envolvendo superlotação nas Delegacias de pronto atendimento na capital e rebelião e nada foi constatado ao trato com os reclusos.
Após minuciosa vistoria por parte dessa comitiva, ficou constatada a permanência de quatro (04) presos na DEPAC Piratininga, dos quais, dois aguardam recâmbio para outras localidades enquanto, os outros dois ali permanecem por se tratar de prisões preventivas decretadas por crimes ocorridos na área da 5ª Delegacia de Polícia.

A legislação vigente assegura ao preso a condição de provisório em uma unidade policial até que os procedimentos de praxe como a realização de exames cautelares pelo IMOL e até mesmo a autorização de vaga em uma unidade prisional ocorra, em dia útil.

Devido ao feriado prolongado (quatro dias) e o fato das DEPAC’s serem as responsáveis pelo recolhimento provisório de presos diversos, demonstram que o que ocorreu acerca da denúncia infundada versando sobre superlotação e princípio de rebelião reflete nada mais que a evidente demonstração do trabalho da Polícia Civil.

No que tange a quantidade de presos que foram removidos, em número de 56 (cinquenta e seis) nas duas DEPAC’s, também transcorreu sem nenhuma alteração com referência aos presos, com o policiamento civil empregado para escolta com as viaturas da Polícia Civil e as armas longas necessárias e todos os presos foram recebidos regularmente nos presídios onde foram autorizados os seus recambiamentos. O problema técnico/mecânico que ocorreu com o ônibus que fazia o transporte, foi rapidamente sanado, com a chegada de dois outros ônibus menores, também da Polícia Civil e então, o caso foi concluído positivamente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)