Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/09/2013 10:00

Polícia apreende munições, venenos e bombas vendidos irregularmente; veja fotos

Bruna Girotto
Delegado Rodrigo de Freitas concedeu entrevista ontem (24) para a imprensa (Foto: Bruna Girotto)Delegado Rodrigo de Freitas concedeu entrevista ontem (24) para a imprensa (Foto: Bruna Girotto)

A Polícia Civil de Cassilândia recebeu a informação de que crianças estariam soltando bombas em terrenos baldios, ocasionando a perturbação do sossego alheio de muitos cassilandenses.

Por meio dessa informação, a Polícia iniciou uma investigação e decidiu fiscalizar os comércios que vendiam bombas e fogos de artifício na cidade, para saber se tinham licença e autorização para este fim.

Ao chegar em uma tabacaria, localizada no centro da cidade, na manhã de ontem (24), os policiais descobriram que a mesma não tinha autorização para vender bombas e fogos de artifício. E, além destes produtos, a Polícia encontrou diversas munições de armas de uso restrito e permitido (vendidas sem autorização), espingardas de ar comprimido e venenos para rato (chumbinho e mão branca) vendidos irregularmente.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Rodrigo de Freitas, o local da apreensão é conhecido como Tabacaria do Dunga, localizado na rua Sebastião Leal, e o suspeito que foi preso pela comercialização dos produtos foi Enivaldo Moreira Barbosa, conhecido como Dunga.

"Este crime é muito complicado. Porque as munições não vão parar nas mãos de policiais, essas munições vão para bandidagem. Nós temos a nossa munição. Então, para quem a pessoa está vendendo esta munição?", questionou o delegado.

Rodrigo disse que ao ouvir o suspeito, na presença de seu advogado, ele disse se manterá em silêncio sobre os fatos pelos quais está sendo acusado.

Como se trata de crime de munição de uso restrito, a Polícia Civil não pode arbitrar fiança. O proprietário da tabacaria foi preso em flagrante e deverá ser transferido para o presídio nesta quarta-feira (25).

Policiais Martins e Figueiró ao lado dos produtos que foram apreendidos na manhã de terça-feira (Foto: Polícia Civil de Cassilândia) Policiais Martins e Figueiró ao lado dos produtos que foram apreendidos na manhã de terça-feira (Foto: Polícia Civil de Cassilândia)
Parabens a Policia!!! Crime é crime não importa se é grande ou pequeno!! e a policia tem que cumprir a lei e não usar o "bom censo"!!!! Como disseram o comercio dele foi assaltado 2 vezes como podemos saber se não foi assaltado com a propria munição que ele vendia e quantos outros comercios e casas de nossa cidade podem ter sido assaltados com essas munições???? Temos que pensar nisso!!!!!
 
Julio em 27/09/2013 18:23:21
Agradeço aos que prestam crédito ao serviço da Polícia Cassilandense, há oito anos vim para Cassilândia e hoje me considero um Cassilandense de coração. Obrigado a Janiluce Medeiros, realmente nosso trabalho não pode ser confundido com amizade de fundo de buteco, conheço o Sr. Dunga, sei que é trabalhador, porem eu e minha equipe também somos e fazemos jus ao nosso salário. Ninguém esta a margem da lei e quanto as bocas de fumo, reduzimos em 80%, certos de que se nosso efetivo fosse maior, esta porcentagem também seria. Parabéns a imprensa e as manifestações de opiniões, como sempre digo as rádios locais, estamos a disposição da comunidade Cassilandense na Delegacia de Polícia.
 
Malheiros em 26/09/2013 15:54:18
Parabéns aos Policiais que realizaram um brilhante trabalho, essas munições com toda certeza , não seriam utilizadas para colher flores, muito ao contrário, poderia servir para tirar a vida de um de nossos filhos , ou para realização de algum assalto ,obs: pessoas de bem não vendem armas nem munições em desacordo com as Leis...
 
Mari.Santos em 25/09/2013 22:32:20
pessoal, seguinte tudo que é contra a lei é crime e ponto. parabens para os policiais que tem feito um otimo serviço. esses são fera mesmo. parabens. os caras tem gosto pelo trabalho. ta nas veias.
 
renato silva em 25/09/2013 22:28:43
É lamentavel esse fato! Sabemos que essa venda é ilegal! Mas pelo que conheco sei que ele nao venderia apenas pelo lucro e sim para agradar a freguesia, não vendendo para estranhos e para pessoas com má intenção!!!
O pior é que esse cidadão foi assaltado 2 vezes pelo mesmo assaltante e em todas as 2 vezes o ladrao foi preso em flagrante! Mas sempre estava solto no outro dia!!Isso sim é um crime impune!!!!
 
Samuel Silva em 25/09/2013 21:45:10
Não estou aqui para defender nem o Dunga e nem a Policia. Mas algumas coisas temos que compreender, é certo que o Dunga estava irregular, mas deveria ter o bom senso nessa situação. Poderia resolver de outra forma sem essa novela toda. O Dunga é sim uma pessoa honesta e trabalhadora. Sabemos que o comercio, se for averiguar tem coisas absurdas. Já que estamos falando em trabalho da policia, meio quarteirão de onde moro, tem um boca de fumo, e sempre denunciamos, e nada se resolve. A policia deveria ter o bom censo em discernir um bom cidadão e um criminoso. Volto a escrever tudo poderia ser resolvido sem esse carnaval. Moramos em cidade onde conhecemos o bons cidadão e os criminosos. Mas parece que se faz muita vista grossa aqui. Lamentável. Abaixo aos verdadeiros criminosos.
 
Rogerio Santos em 25/09/2013 19:44:41
A partir do momento que resolveu vender munição para arma de uso restrito, deixa de ser trabalhador e honesto para ser um criminoso ocasional (aquele que decorre da influência do meio, isto é, pessoa que acaba caindo em "tentação" devido a alguma circunstância facilitadora, neste caso visando lucro. Esse chamado "trabalhador e honesto" não se importava se tal munição seria usada por outros criminosos para cometerem assaltos ou homicidios, somente lhe importava o lucro da venda. Parabéns aos policiais !!! Para aqueles que defendem tal ato, espero que não sejam nunca vitimas das munições que este "cidadão honesto e trabalhador" vendeu.
 
Carlos Eduardo em 25/09/2013 17:59:51
Ótimo trabalho realizado pela Policia Civil, e se era trabalhador honesto´porque estava agindo na irregularidade!! Que bom que a Policia fez seu trabalho, pois um sujeito de bem procura trabalhar dentro do que lhe permitido! Francamente viu as pessoas tem que parar de achar que só o trabalhador vai preso! Se existe regras a serem cumpridas que as cumpram, pois esse mesmo sujeito deve ter se mobilizado nas manifestações feitas contra corrupção!Como cobrar honestidade das autoridades políticas e agir como se fosse igual a eles, o exemplo vem debaixo e literalmente será seguido por toda uma sociedade livre de corrupção!!Um sujeito de bem não pode vender munição de uso restrito!
 
Rosângela Lemes em 25/09/2013 17:37:43
É dificil vc jugar o carater de alguém, mas um trabalhador com munições, veneno ilegual, desculpe amigo do comentário acima! filhos de cassilândia todo somos agora honestos é uma coisa totalmente diferentes! não confunda o trabalho da polícia com amizade de porta de buteco.
 
janiluce medeiros. em 25/09/2013 15:06:36
Conheço muito bem o Dunga e sou amigo dele, ele foi sempre um pessoa trabalhadora e honesta isto que esta acontecendo com ele, é como um grão de areia na praia, coisa minúscula eu acho que tem muitas coisas piores que acontece neste Brasil tão rico e maravilhoso, faça busca apreensão das mercadorias e libera o cidadão para ele continuar na sua rotina de trabalho, estou torcendo amigo que isto não é de ser nada vc irá sair mais rápido possível.
Cuiabá 25/09/2013 ás 14:30 hs.
 
Nenzinho em 25/09/2013 14:31:18
que..isso ......nunca fez mal algum.. Uma pessoa muito boa....e gentil...
 
Patricia Guimaraes em 25/09/2013 12:22:51
Conheço o Dunga, realmente é trabalhador, mas agora Jorge vc dizer que é uma vergonha só pode estar de brincadeira. Vender munição é crime e com certeza ele sabia disso e decidiu correr risco. A lei é pra todos !!! Essa munição para na mão quem? Do trabalhador ou do bandido?
 
Renato Freitas em 25/09/2013 12:16:30
mais um trabalhador preso, emquanto isso os babdidos contiua solto, o dunga e filho de cassilandia todos conhece, isto e uma vergonha !!!
 
jorge fagundes dutra em 25/09/2013 11:55:00
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)