Cassilândia, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

09/08/2011 18:36

PMDB considera Operação Voucher "exagerada"

Mariana Jungmann, Agência Brasil

Brasília - O PMDB considerou exagerada a quantidade de prisões feitas pela Polícia Federal durante a Operação Voucher, deflagrada hoje (9). Segundo o líder do partido no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o partido entende a investigação como legítima e ainda não tem informações suficientes, mas estranhou a quantidade de pessoas presas. “Preliminarmente, nós não conhecemos a extensão da operação, parece-nos que há um exagero. Prender 38 pessoas por um convênio de 2009”, disse.

A bancada do partido se reuniu com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Após o encontro, Calheiros reafirmou o apoio do PMDB ao governo da presidenta Dilma Russeff e defendeu o ministro Pedro Novaes. “O ministro não sabia, são fatos de 2009. O PMDB tem muita preocupação com a questão central, com a necessidade do seu apoio à presidenta Dilma”.

Segundo Calheiros, a bancada do PMDB quer evitar a partidarização das denúncias. “É equivocado partidarizar a operação. Nós nunca dificultamos a vinda de ninguém para o Senado, ou para a Câmara, para esclarecer fatos. O PMDB mais do que nunca está unido e entende que essas denúncias todas precisam ser esclarecidas, investigadas”, resaltou.

O líder também falou sobre a permanência do ministro da Agricultura, Wagner Rossi – outro indicado do partido – no cargo. Segundo Calheiros, Rossi está “firmíssimo” e tem o apoio dos colegas peemedebistas. “É um dos melhores ministros da Agricultura de todos os tempos”, disse.

O PMDB é o responsável pelas indicações dos nomes de Rossi e Novaes para os ministérios da Agricultura e do Turismo. Diante das denúncias de corrupção nas duas pastas, o líder do partido garantiu que os titulares da pasta estarão à disposição do Congresso Nacional para prestar esclarecimentos.



Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Quinta, 19 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 18 de Outubro de 2017
10:40
Goiás, Distrito Federal e São Paulo
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)