Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/02/2016 07:20

PMA prende homem com 340 quilos de pescado ilegal

Campo Grande News
PMA - DivulgaçãoPMA - Divulgação

A PMA/MS (Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul) prendeu, nessa segunda-feira (8), um homem de 39 anos, morador de Ladário, que pescou, em plena piracema, 340 quilos de peixe. Com ele foram apreendidos petrechos proibidos, como redes de pesca, dois barcos, dois motores de popa e 280 metros de redes de pesca.

A prisão e apreensão foram feitas na região Amolar do Pantanal. Na ação, participaram militares de Campo Grande e Corumbá. Segundo a assessoria de comunicação da PMA, o homem foi surpreendido em um acampamento, à beira do Rio Paraguai, a 215 quilômetros de Corumbá.

Dos 340 quilos de pescado, 155 kg eram de pescado beneficiado (filé de pintado), 45 kg de pescado beneficiado (filé de cachara), 32 kg da espécie pacu, totalizando 17 unidades, 85 kg (filé de jaú), 13 kg de (filé de armal) e 10 kg da espécie dourado.

Os militares disseram que os petrechos utilizados na pescaria ilegal tem alto poder de dizimação de cardumes, pois em pouco tempo o acusado conseguiu capturar sozinho 340 quilos de peixes.

O acusado e os materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal, em Corumbá, onde foi autuado em flagrante. A princípio ele teve fiança arbitrada em R$ 7.500, que foi cancelada posteriormente, pois foi verificado que ele mentiu o nome para a autoridade.

O pescador responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)