Cassilândia, Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

26/09/2020 09:36

PMA de Cassilândia autua infratora em R$ 11 mil por degradação de área protegida

A infratora (84), residente em Inocência, foi autuada administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (matas ciliares), por exploração ilegal de madeira e pela motosserra ilegal e foi multada em R$ 11.000,00.

PMMS
PMA de Cassilândia autua infratora em R$ 11 mil por degradação de área protegida

 Policiais Militares Ambientais de Cassilândia realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Inocência ontem (25) à tarde e autuaram uma proprietária rural por degradação de matas ciliares de córrego e exploração ilegal de madeira. Durante a vistora na fazenda localizada à rodovia MS 316, a 68 km da cidade de Inocência, a equipe verificou inicialmente no local 20 árvores de grande porte derrubadas recentemente sem autorização ambiental.

As toras de madeira retiradas da exploração ilegal estavam sendo transformadas em palanques para cerca e tábuas, que eram utilizados na construção de um mangueiro. Foram apreendidas 62 palanques e 245 tábuas, medindo 17 m³ de madeira, sendo que algumas já estavam fixadas na obra. Também a motosserra utilizada na exploração ilegal não possuía documentação e foi apreendida.

Na propriedade, os Policiais perceberam ainda que a proprietária também criava gado afetando áreas protegidas de matas ciliares de um corpo d’água que corta a propriedade (Área de Preservação Permanente – APP). A área de 1 hectare era utilizada para dessedentação e forrageamento do rebanho e já estava degradada devido a retirada de parte da vegetação e o pisoteamento do gado iniciava processos erosivos de margens e assoreamento do córrego. As atividades foram interditadas e a proprietária rural foi notificada a retirar o gado das áreas de matas ciliares.

 

A infratora (84), residente em Inocência, foi autuada administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (matas ciliares), por exploração ilegal de madeira e pela motosserra ilegal e foi multada em R$ 11.000,00. Ela também poderá responder pelos crimes ambientais, com penas que podem chegar a quatro anos de prisão.

 

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Vegetação ciliar derrubada e pisoteio de gado em área do córrego.Vegetação ciliar derrubada e pisoteio de gado em área do córrego.
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 21 de Outubro de 2020
Terça, 20 de Outubro de 2020
Segunda, 19 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)