Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/03/2010 10:37

PMA começa amanhã Operação Semana Santa

PMA

A Polícia Militar Ambiental deflagra, a partir de 08h de amanhã (31) até 08h de segunda (05), a “Operação Semana Santa”, contando praticamente com todo seu efetivo que é de 340 homens. Com o feriado próximo, o número de turistas aumenta significativamente nos rios e a fiscalização será dobrada, no intuito de se prevenir a pesca predatória.

As 22 subunidades da Polícia Militar Ambiental estarão intensificando a fiscalização em suas respectivas áreas. Serão desenvolvidas também barreiras e combate ao desmatamento e carvoarias irregulares e outras crimes ambientais, com visitas às propriedades rurais.

Três equipes da sede (Campo Grande) estarão itinerantes, em fiscalização em área não definida, fiscalizando todos os tipos de crimes e infrações ambientais.

Será dada atenção especial à fiscalização no Parque Várzeas do Ivinhema e seu entorno, para evitar a pesca predatória, haja vista, que o Parque faz divisa com o Estado do Paraná, de onde saem muitos turistas para pescar em Mato Grosso do Sul. A equipe do grupamento será reforçada por equipes do Pelotão de Dourados.

AMANHà – Duas equipes de Campo Grande começam a fiscalizar as peixarias e outros estabelecimentos que comercializam pescado, no intuito de verificar os estoques e evitar a venda e aquisição por esses estabelecimentos de pescado irregular. A saída das equipes será do Quartel da PMA, às 08h.

O Comando da PMA alerta às pessoas, para que se utilizem dos nossos recursos naturais dentro do que permite a legislação, pois as penalidades administrativas e criminais são pesadas. As multas podem chegar a R$ 50 milhões e as penas criminais, até 05 anos de reclusão. Informações sobre pesca, como retirar a licença de pesca e outras informações ambientais estão no site da PMA – www.pma.ms.gov.br.

O Comando da PMA alerta ainda, para que à população que irão adquirir pescado, que é comum durante a Semana Santa, que prestem bastante atenção na origem. Compre peixe de estabelecimentos autorizados, que se possa comprovar a origem. Não compre de ambulantes, ou em beira de estrada, pois, que adquire produto de pesca irregular incide nos mesmos crimes e infrações administrativas da pesca. A pena é de 01 a 03 anos de detenção e a multa pode passar de R$ 100.000,00.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)