Cassilândia, Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

Últimas Notícias

08/04/2020 10:34

PMA autua mulher em R$ 11,7 mil por derrubada de árvores para pastagem

PMA
PMA autua mulher em R$ 11,7 mil por derrubada de árvores  para pastagem

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia, que trabalham na operação Semana Santa, autuaram ontem (7) à tarde, a proprietária de uma fazenda no município, por derrubada de diversas árvores de grande porte de vegetação nativa de cerrado, em área de pastagem. No local, com uso de máquinas de esteiras, estava sendo efetuada a limpeza de uma área consolidada de pastagem de 39 hectares, porém, como ficou muito tempo sem manutenção no local, a área já estava em estágio avançado de regeneração e algumas árvores já haviam atingido o porte com formação de material lenhoso, de aproveitamento obrigatório.

Além disso, havia árvores das espécies balsimim, angico, faveiro, vinhático, pau-terra, entre outras, pré-existentes da formação antiga da pastagem que também foram derrubadas. O material lenhoso das árvores derrubadas pelas máquinas pela raiz estava distribuído em vários montes no local. O genro da proprietária da fazenda apresentou uma Autorização Ambiental Eletrônica (AAE) do órgão ambiental estadual para limpeza de pastagem, porém, para aquela formação vegetal, exigia-se uma licença de desmatamento.

A licença de limpeza de pastagem só permite a derrubada de arbustos, com diâmetro abaixo de 32 centímetros na altura do peito (Circunferência a altura do Peito – CAP, que é considerada a 1,30 metros de altura da vegetação), com uso de roçadeiras ou foices. Essas licenças são retiradas online no site do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL), para facilitação aos proprietários rurais, em razão de serem atividades de baixo impacto, porém, alguns proprietários aproveitam para realizar desmatamentos e tentam justificar com essas autorizações.

As atividades foram interditadas e a infratora (66), residente em Chapadão do Sul, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 11.700,00. Ela também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção.

Fonte: Assecom PMA -PMMS (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 05 de Junho de 2020
Quinta, 04 de Junho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)