Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/03/2015 18:29

PM vai parar na delegacia após falar palavrão em Fórum de MS

Midiamax

Um soldado da Polícia Militar foi autuado por desacato na manhã desta terça-feira (23), em Mundo Novo, a 462 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, houve uma confusão entre ele e um servidor do Fórum da cidade por conta de uma viatura estacionada na vaga de um juiz. O militar usou um palavrão, segundo ele, como forma de se expressar por conta da situação, mas o funcionário entendeu a palavra como xingamento ao juiz.

A guarnição da PM fazia a escolta de um preso custodiado em Naviraí. Um servidor do Fórum, relatou à Polícia Civil que foi solicitado ao policial militar que ele retirasse a viatura do local onde havia estacionado. Foi informado ao militar que a vaga era destinada a um dos juízes.

Consta no registro da ocorrência que o militar não quis atender ao pedido e que teria usado a expressão: “Que juizinho de mer...”. Ainda conforme o boletim de ocorrência, o servidor teria repreendido o militar, pedindo respeito ao magistrado e o policial teria questionado: “Por que, você é o juiz?”

O funcionário se identificou como servidor e o PM teria falado que era uma brincadeira e que ele não levasse a sério. O militar ainda teria argumentado que a vaga deveria estar sinalizada como em outros Fóruns. O servidor disse que iria informar ao juiz sobre os fatos e o sargento responsável pelo serviço da PM no Fórum disse que teria que fazer um comunicado oficial do caso.

No boletim de ocorrência, o soldado alegou que não teve a intenção de ofender ou desacatar o juiz da comarca e que tudo não passava de um mal-entendido. Ele afirmou que quando foi pedido que ele retirasse a viatura falou: “É do juiz [a vaga]. Que merd...”. Se referindo à situação e não, ao magistrado.

Conforme o militar, o funcionário do Fórum pediu que ele tivesse mais respeito e usou a seguinte expressão: “Você sabe quem eu sou?” Como ele não sabia, respondeu “Você é o Juiz? Se for o Juiz me desculpa”

O militar garantiu que não foi irônico e que não teve a intenção de desacatar o juiz, porém o servidor disse que iria levar os fatos ao conhecimento do juiz. “Que tudo ocorreu em razão de uma expressão que foi mal interpretada”.

O caso foi registrado como desacato na Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)