Cassilândia, Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

10/08/2020 10:20

PM prende dois em barracão com fertilizante adulterado com corante de roupa

A Polícia Militar constatou que o adubo estava sendo tingido com corante líquido vermelho utilizado para tingir roupas e misturado com óleo de soja

Governo de MT
Complexo de barracões onde o fertilizante era misturado com corante líquido em uma betoneira - Foto por: PMMTComplexo de barracões onde o fertilizante era misturado com corante líquido em uma betoneira - Foto por: PMMT

Em Rondonópolis, a Polícia Militar desarticulou uma quadrilha que adulterava fertilizante com corante líquido para agregar maior valor ao produto. A ação realizada na noite sexta-feira (07.08), na zona rural do município, se deu após um motorista que foi mantido refém, fugir do cativeiro e acionar a polícia. Dois homens (52 e 35 anos) foram presos. Veículos, dinheiro e parte da carga roubada foram apreendidos pela PM.

Por volta das 20h, uma equipe da PM do município de Pedra Preta comunicou que havia encontrado um motorista que disse ter sido roubado na cidade de Garça Branca. A vítima relatou que conduzia um caminhão carregado de adubo quando foi pego pelos criminosos que o mantiveram em cativeiro das 21h da última quinta-feira (6) até às 11h de sexta.

O motorista descreveu que dois homens armados com um revólver cromado e uma espingarda de cano serrado, o mantiveram refém em um matagal, nas proximidades de uma empresa na BR-364. Ao ser abandonado pelos suspeitos, o homem conseguiu sair e chamou a polícia.

Diante das informações, a PM deslocou agentes para as áreas de saída da cidade de Rondonópolis sentido Pedra Preta e iniciou as diligências em busca do caminhão. O cavalo Scania do veículo foi encontrado na entrada de uma fazenda na BR-364. A vítima que havia sido sequestrada foi informada sobre a localização de parte do seu veículo e disse aos policiais que o rastreador da carreta bitrem apontava que o veículo estaria no bairro Distrito Industrial.

Com a localização em mãos, os policiais seguiram o aparelho e se depararam com um complexo de barracões onde funcionava a antiga Bial. Uma equipe da Força Tática adentrou nos barracões e se deparou com quatro pessoas fugindo do local. Na checagem, a PM constatou uma grande quantidade de fertilizante onde a coloração semelhante à da carga roubada da vítima. Funcionários da empresa dos fertilizantes estiveram no barracão para analisar os produtos, já que não havia meios de remover o fertilizante.

Os policiais apreenderam um caminhão Volvo que estava descarregando no barracão e seis bags de outras duas empresas que estavam abertas no chão. A PM constatou que o adubo estava sendo tingido com corante líquido vermelho utilizado para tingir roupas e misturado com óleo de soja. O produto era misturado em uma betoneira que estava com sua parte interior toda vermelha. Diversas caixas do corante líquido foram apreendidas.

O motorista do caminhão Volvo a encontrado no barracão alegou que estava fazendo reparos no veículo e que havia retirado os bags do interior da carreta. Um outro homem compareceu se identificando como proprietário do barracão, ele disse à polícia que o material é de varredura de sobras das cargas dos caminhões. Os dois homens foram presos e conduzidos à delegacia para prestar esclarecimentos.

A PM apreendeu o caminhão Volvo, bags, caixas de corante, R$ 2.380,00. A Outra equipe de policiais militares também localizaram a carreta bitrem do motorista roubado em Garça Branca já na região da estrada do Campo Limpo.

A Polícia Judiciária Civil vai investigar o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
09:00
Santo do Dia
Domingo, 20 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)