Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/04/2008 10:47

PM "fecha” Parque dos Poderes para barrar manifestantes

Nadyenka Castro e Paulo Fernandes/Campo Grande News

Desde às 5h30 desta quarta-feira cerca de 60 policiais militares “fecham” os quatro acessos ao Parque dos Poderes, em Campo Grande. O objetivo é impedir a entrada de manifestantes, já que o projeto de reajuste linear de 3% a todos os servidores chegou hoje na Assembléia Legislativa. Diversas categorias estão descontentes com o reajuste.

Os policiais estão em oito carros e 30 motocicletas. A determinação para barrar manifestações em frente às secretarias e Assembléia foi dada pelo governo do Estado, mas os policiais dizem que não sabem como vão agir, já que também têm que garantir o direito à manifestação pacífica.

Os militares também não concordam com o valor do reajuste, mas a briga maior do governo é com o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis). A categoria e o governo já fizeram diversas reuniões, mas não entram em um acordo. Os policiais já chegaram a fazer manifestações.

Os agentes penitenciários também estão descontentes. Os professores chegaram a um acordo com o governo, mas estão desconfiados, já que não tiveram acesso ao projeto.

Deve chegar nos próximos dias na Assembléia o projeto que corrige as distorções salariais de cada categoria. Em algumas o reajuste chega a 21%.
Representantes do Sindicato dos Trabalhadores e Servidores da Administração de Mato Grosso do Sul, que representa cerca de 6 mil servidores, de seis órgãos [Secretaria Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária), Secretaria de Administração, da Agiosul (Agência de Imprensa Oficial de MS), e da Secretaria de Saúde), fazem uma reunião às 9h30 desta quarta-feira para decidir como será a mobilização da categoria. Não é descartada uma operação tartaruga.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)