Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2006 12:59

PM disponibiliza cinco mil homens no MS para o 2º turno


O Comando-Geral da Polícia Militar informou nesta terça-feira que serão disponibilizados cinco mil homens para o policiamento ostensivo em Mato Grosso do Sul no 2º turno da eleição presidencial que será realizado no próximo domingo. Apesar de no Estado o pleito seja apenas para a escolha do novo presidente da República, a PM optou por manter o mesmo número de efetivo policial disponibilizado no 1º turno das eleições.

De acordo com o Midiamax , o policiamento reforçado atuará no combate aos crimes eleitorais, como compra de votos e boca-de-urna. A operação terá início na noite de sábado e vai estender-se até a manhã de segunda-feira, acompanhando a apuração e comemoração dos cabos eleitorais do vencedor.

De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel PM José Loubet, que vai liderar a operação policial em Campo Grande, o efetivo e a metodologia de segurança utilizada nas ruas será a mesma do primeiro turno, mesmo com o número reduzido de candidatos que agilizará a votação e a apuração. “Vamos manter o mesmo policiamento ostensivo para coibir os crimes eleitorais. Não podemos reduzir o número de pessoal, só porque neste turno há apenas dois candidatos para se votar”, alegou.

O comandante revelou ainda que em Campo Grande serão disponibilizados cerca de 1,1 mil homens em regime de escala, sendo utilizados os efetivos administrativos do Comando da PM, além de policiais militares da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), da Cipmac (Companhia Independente de Policiamento Militar da Área Central), da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento do Trânsito), do Getam (Grupo Tático Motorizado), da cavalaria e dos batalhões.

No interior do Estado o policiamento ostensivo contará também com o auxílio da Rotai (Ronda Ostensiva Tática do Interior), da PMA (Polícia Militar Ambiental) e da PRE (Polícia Rodoviária Estadual) que fiscalizarão o transporte de eleitores nas rodovias federais e estaduais, além dos policiais do serviço reservado que também deverão fazer a segurança nas ruas dos municípios do interior.

Assim como no primeiro turno, uma equipe da Polícia Militar também ficará de prontidão no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para apurar as denúncias de irregularidades na eleição. Mesmo com a operação diferenciada, os cerca de 700 policiais militares que fazem a segurança dos presídios do Estado permanecerão em seus postos, garantindo a ordem dos presos durante o pleito.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)