Cassilândia, Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

Últimas Notícias

09/11/2019 15:30

Plantio de soja atrasado no Estado preocupa setor

Correio do Estado

O atraso no plantio de soja no Mato Grosso do Sul está trazendo preocupação para produtores. Com menos da metade da safra do ano plantada, a possibilidade é que a produção de milho safrinha também sofra impactos, já que o plantio só é feito após a colheita da soja. O período de estiagem, que caracterizou o clima do Estado nas últimas semanas, é apontado como principal responsável pelo atraso atual.

A área total de plantio destinado para soja no Estado é de 3,163 milhões de hectares. Até o momento, a soma de área plantada na safra 2019/20 corresponde a a 1,565 milhão de hectares, ou 49,5% da extensão total. O percentual apresentado é 37,5% menor do que o valor alcançado no mesmo período do ano passado. Segundo dados apresentados pelo Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA/MS), a região Sul do Estado se encontra com o plantio mais avançado, com média alcançada de 50,6%. Já na região centro, a média é de 50%, enquanto que na retaguarda está a região norte, com 44,9% de média.

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO), Jaime Verruck, o cenário referente ao plantio de soja deve continuar sendo monitorado. “Temos o desafio de terminar o plantio nas próximas semanas, de olho no início da segunda safra de milho. Visto que a perca da janela ideal pode comprometer a produção da safrinha, isso tem colocado agricultores e entidades em alerta”, analisa Verruck.

A semeadura das plantações de soja foi afetada pelo período de estiagem, que causou o atraso no começo do processo, quando a pouca chuva que caiu não foi suficiente para amenizar a secura do solo. Para Franciane Rodrigues, coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec/MS), o início do período chuvoso pode normalizar a situação no setor. “A expectativa é de que as chuvas iniciem com regularidade a partir desta semana, mantendo o padrão das chuvas até pelo menos o fim da primeira quinzena de novembro. Para o mês de novembro, espera-se acumulados de chuvas acima da média para todas as regiões de Mato Grosso do Sul”, afirma.

A soja da safra 2019/20 tem a produção aguardada de 9,906 milhões de toneladas. A produção média deve permanecer em 52,19 sacas/hectare.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 20 de Novembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
06:04
Cassilândia/Barretos
Terça, 19 de Novembro de 2019
09:00
Santo do Dia
08:30
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)