Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/07/2016 06:15

Plano Safra: novo programa pode dobrar acesso ao crédito no interior de MS

Midiamax

Os recursos para o financiamento do Plano Safra 2016/2017 começam a ser liberados nesta sexta-feira (1º). Em Mato Grosso do Sul, a busca dos pequenos produtores rurais pelo acesso ao Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), pode dobrar, segundo estimativa do gerente do Banco do Brasil do norte do Estado, Zilvânio Theodoro de Souza.

O Programa somou em Figueirão, cidade a 250 quilômetros de Campo Grande, o acesso de R$ 22 milhões de crédito no período de um ano, para investimento e custeio, agora, com sua reformulação e queda dos juros de 5,5% para 2,5% ao ano.

Segundo o também gerente do Banco do Brasil, agência Costa Rica, Flávio Guilherme Alcantu, assim como Figueirão, os municípios de Alcinópolis, Costa Rica e Camapuã, também devem elevar a busca pelo Pronaf.

“Esses municípios, possuem altíssimo potencial produtivo. O agronegócio na região tem muito a crescer, o que falta é que os próprios produtores rurais acreditem no seu empreendedorismo e trabalhem o melhoramento genético do rebanho, estimulando tanto a pecuária de corte, como a de leite, grandes aptidões da região”, afirma Alcantu.

Durante o 2º Simpósio de Pecuária Leiteira o pecuarista, Carlos Adriano Carneiro, que com recursos próprios, elevou sua produção de leite em quase 360%, passando de 18 mil litros por ano, para 84 mil litros, mostra-se atraído pela baixa no juros e pretende o acesso à linha de crédito voltada para pequenas propriedades rurais.
“Sem linha de crédito tive picos de produção que chegaram a 420 litros de leite em um dia, com 42 vacas. Mas quero chegar a 500 litros por dia e ainda implantar uma área de pastagem com irrigação, aumentando volume e qualidade do leite”, enfatiza Carneiro, que trabalha sob uma área de 100 hectares, investindo em raças como girolando e holandesa.

De acordo com o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, 16 pecuaristas participam atualmente do Produzir Mais, Programa que avalia e dá assistência técnica gratuita às propriedades do município. “Essa é nossa primeira etapa, e em menos de um ano o programa já rendeu bons fruto, principalmente à pecuária leiteira. Com o acesso ao crédito, os pecuaristas da região vão poder elevar a qualidade e se empenhar em uma produção ainda mais eficaz”, finaliza Rosalin.

O 2º Simpósio de Pecuária Leiteira contou com a participação do presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Luciano Chiochetta, e do proprietário da Hana Latin América Importação e Exportação, Masaharu Shimizu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)