Cassilândia, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

26/04/2008 10:27

PIS-Pasep pode resgatar perdas dos planos Collor e Verão

Agência Câmara

O Projeto de Lei Complementar 258/07, do deputado Barbosa Neto (PDT-PR), atualiza as contas individuais dos fundos PIS e Pasep, aplicando dois reajustes, referentes aos expurgos dos planos Verão (16,64%) e Collor (44,8%). A proposta altera a Lei Complementar 110/01, que atualizou as contas do FGTS em decorrência das perdas ocasionadas pelos planos econômicos.

Além de atualizar os saldos das contas individuais, o PLP 258/07 muda a Lei Complementar 26/75, para permitir que o titular da conta resgate o saldo do PIS-Pasep quando completar 60 anos. A legislação atual permite o resgate em casos de casamento, aposentadoria ou invalidez.

Isonomia
Barbosa Neto lembra que, assim como a Justiça reconheceu o direito dos trabalhadores à atualização do FGTS, em razão das perdas ocasionadas pelos planos Verão e Collor, é preciso reconhecer que as contas do PIS-Pasep também perderam em conseqüência do expurgo inflacionário. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tem reconhecido esse direito em razão da semelhança entre os dois fundos. "Nossa proposta é dar tratamento isonômico a fundos similares, atendendo ao princípio do Direito", disse Barbosa Neto.

Os recursos para a atualização dos fundos PIS-Pasep virão das duas contribuições extraordinárias criadas pela Lei Complementar 110/01. A primeira, paga pelo empregador em caso de despedida sem justa causa, corresponde à alíquota de 10% sobre os depósitos do FGTS do empregado.

A segunda contribuição é paga pelo empregador junto com a contribuição mensal para o FGTS, e corresponde à alíquota de 0,5% sobre a remuneração devida, no mês anterior, a cada trabalhador. O projeto define que essas duas contribuições serão extintas assim que forem efetuados todos os créditos referentes à atualização das contas do PIS-Pasep.

Com relação à proposta de permitir o saque do saldo do PIS-Pasep para o titular que completar 60 anos, Barbosa Neto afirma que a idéia é apenas adequar a legislação ao Estatuto do Idoso.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Se for aprovada, será votada pelo Plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)