Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/09/2004 09:50

Pirataria e contrabando eliminam 56 mil empregos

Juliana Cézar Nunes/ABr

O impacto da pirataria e do contrabando no setor cultural pode ser avaliado em um levantamento da Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos do Brasil (APDIF). De acordo com o estudo, em cinco anos, 56 mil postos de trabalho foram fechados em decorrência do crescimento de vendas de CDs piratas.

“Os produtos ilegais já dominam 59% do mercado. A atividade do governo no setor ainda é mínima”, alerta o diretor-geral da APDIF, Valdemar Gomes Ribeiro. “Com a pirataria, o Brasil tem um prejuízo que supera o R$ 1 bilhão. Perdem tanto músicos, intérpretes e compositores quanto a indústria fonográfica e o governo brasileiro, que deixa de arrecadar milhões em impostos.”

No último final de semana, Ribeiro acompanhou, em Foz do Iguaçu, uma operação da Receita Federal que resultou na destruição de meio milhão de CDs piratas e 250 mil maços de cigarros contrabandeados. Pelos cálculos da APDIF, de janeiro de 2003 a agosto de 2004, os agentes da Receita apreenderam 24,9 milhões de CDs Piratas, entre gravados e virgens.

No ranking da entidade, o Estado de São Paulo é a região mais afetada, onde o número de unidades retidas passa dos 10,4 milhões. O Paraná vem em segundo lugar no ranking com cerca de 9 milhões de CDs falsificados apreendidos. Em terceiro lugar aparece o Rio de Janeiro, com 1,5 milhão de unidades.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)