Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/02/2016 12:33

Piracema termina no próximo domingo, mas há rios com proibição permanente

Caroline Maldonado, Campo Grande News
Valor da multa dobra para quem está pescando em local proibido pela segunda vez (Foto: Divulgação/PMA)Valor da multa dobra para quem está pescando em local proibido pela segunda vez (Foto: Divulgação/PMA)

Termina no próximo domingo (28) o período de defeso, conhecido como Piracema, em que fica proibida a pesca em todos os rios do Estado. Na calha do Rio Paraguai, já está liberada a modalidade pesque-solte, desde o dia 1º de fevereiro. No entanto, há rios em que a pesca não é permitida a qualquer tempo, independente da Piracema.

Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), até o último dia de defeso, o pesque-solte está permitido apenas na calha do rio e não na bacia, ou seja, não se pode pescar nos afluentes, como rios Aquidauana, Miranda, Piquiri e São Lourenço.

O pesque-solte é um atrativo para turistas, que movimenta milhões todos os anos no município de Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande.

Fiscalização - Conforme último balanço divulgado pela PMA, em três meses de Piracema, foram apreendidos 452 quilos de pescado. Os policiais autuaram 30 pessoas e aplicaram multas que somam quase R$ 70 mil. O valor total de multas dobrou em relação ao ano anterior, passando de R$ 69.260 para R$ 33.940. Ocorre que vários infratores que foram autuados durante essa Piracema eram reincidentes, o que dobra o valor da multa.

Desde o início da operação, a quantidade de pescado apreendido caiu, mas o número de pessoas autuadas subiu. Dos 30 autuados, 22 foram presos em flagrante. Pessoas que conseguiram fugir foram identificadas e responderão pelo crime de pesca predatória, além de serem multados administrativamente, segundo a PMA.

Proibição permanente – Não se pode pescar para consumo ou venda no Rio Negro, em trecho situado na confluência com o Córrego Lajeado, próximo à cidade de Rio Negro até o brejo existente no limite oeste da Fazenda Fazendinha, no município de Aquidauana.

Também só é permitido pesque-solte no Rio Perdido, em toda a extensão, que abrange os municípios de Bonito, Jardim, Caracol e Porto Murtinho e no Rio Abobral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)