Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

02/11/2005 12:58

Piracema: Temporada de pesca 2005 termina hoje em MS

Marcelo Fernandes, do Corumba Online

Termina hoje a temporada de pesca 2005. Um balanço das atividades da 2ª Companhia de PMA (Polícia Militar Ambienta), entre janeiro e outubro, mostra que foram retirados – de forma regular – 215 mil e 173 quilos de pescado dos rios, na região de Corumbá e Ladário, no Pantanal de Mato Grosso do Sul.

O documento, assinado pelo Comandante da PMA corumbaense, capitão Joilson Queiroz Sant’Ana, aponta que o pescado regular, que é vistoriado pelos policiais, teve a maior quantidade retirada pela pesca amadora, mais que o dobro da profissional. Pelo levantamento, pescadores amadores retiraram 148 mil 478 quilos; enquanto a pescaria profissional contabilizou 66 mil 698 quilos.

Neste período, foram aplicados 128 autos de infração, com 33 pessoas presas e 599 quilos de pescado, capturados de forma irregular, apreendidos. As apreensões ainda somaram 300 redes de pesca; quatro tarrafas; duas canoas; 67 bóias de pesca; um motor de popa; dois barcos de alumínio. Os policiais ambientais também apreenderam três armas de fogo; doze munições e dois veículos. O relatório ainda contabiliza apreensões de 33 quilos de carnes de animais silvestres e de lenha; carvão e aroeira.

Piracema

De acordo com a nota da PMA, fica “proibida a pesca nos rios do estado de Mato no período de 03 de novembro de 2005 a 28 de fevereiro de 2006”. De 1º a 28 de fevereiro, do próxima ano, será permitida a pesca amadora, “exclusivamente na modalidade pesque e solte”.

A pesca de subsistência, para os profissionais, é liberada desembarcada ou em barco a remo. Eles podem capturar três quilos de pescado ou um exemplar de qualquer espécie, desde que respeitadas as medidas estabelecidas pela legislação.

Estabelecimentos comerciais devem declarar estoque até quarenta e oito horas após o início da proibição de pesca, no quartel da Polícia Militar Ambiental. O prazo vence na sexta-feira (4).

Na reabertura da temporada, em 1º de março de 2006, “será permitido aos pescadores amadores somente a captura de uma espécie de peixe de couro e uma de escama, mais cinco quilos de piranha”, esclarece o documento emitido pela PMA.

Todo o efetivo da corporação já realiza patrulhas fluviais e terrestres. Reforço de outras unidades da Ambiental será deslocado para a região pantaneira durante o período de defeso. Quem for flagrado pescando em período proibido pode pegar de 1 a 3 anos de prisão e estará sujeito à multa que varia de R$ 700 a R$ 50 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)