Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/02/2009 07:12

Piracema registra aumento de 200% nas apreensões

Redação 24HorasNews

O balanço das atividades desenvolvidas durante o período de Piracema, que será encerrado neste sábado (28.02) revela que houve um acentuado crescimento - de 200% - nas apreensões de pescado pelo Núcleo de Policiamento Ambiental do 9º Batalhão, com sede em Cuiabá. Desde janeiro de 2007 as ações de repressão a crimes contra o meio ambiente foram descentralizadas tornando mais efetivo o trabalho, já que cada batalhão da Polícia Militar passou a contar com equipes treinadas para repressão a modalidade de crime contra o meio ambiente.

As ações desencadeadas pelo Núcleo foram realizadas no trecho de Cuiabá até a cidade de Barão de Melgaço, em uma área de abrangência estimada em 300 quilômetros. Na Piracema (2008/2009) foram localizados 1,2 mil quilos de pescado. Foram apreendidas 164 redes. Já em 2008 o número chegou a cerca de 400 quilos e foram localizadas 71 redes.

Conforme o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Antônio Mário Ibanez, a maior parte das apreensões foi realizada na área do Barra do Aricá, bairro Praerinho, e Engenho Velho. Segundo o comandante, diariamente durante o período de defeso, duas equipes percorreram os trechos do Rio Cuiabá (usando embarcações e também a pé) para flagrar a ação de criminosos, mas devido à dificuldade de acesso a alguns trechos, são registradas fugas. “Quando percebem a aproximação do barco, em razão do barulho de motor, deixam as redes e fogem. Muitas vezes alguns dos animais ainda são encontrados vivos e são devolvidos ao rio”.

A parte preventiva também recebeu atenção especial já que dezenas de palestras, além de barreiras educativas foram realizadas durante o período alertando e conscientizando a população quanto a necessidade de preservação.


DADOS PIRACEMA 2007/2008 - As ações de fiscalização e combate à pesca predatória no período da Piracema do ano passado (2007/2008) resultaram na apreensão de 8,5 quilos de pescado irregular, em 15 municípios, R$ 128,4 mil em multas aplicadas, 33 inquéritos instaurados, 45 pessoas indiciadas, 19 presos em flagrante e, pela primeira vez, o indiciamento de um grupo por formação de quadrilha e corrupção de menores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)