Cassilândia, Terça-feira, 29 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

28/08/2003 14:41

PIB registra queda de 1,6 %

Cristiane Ribeiro/Agência Brasil

Rio - O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 1,6% no segundo trimestre, na comparação com o primeiro trimestre do ano. Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB apresentou queda de 1,4%.

Na comparação com os primeiros três meses do ano, todos os setores produtivos registraram retração em suas atividades. A indústria caiu 3,7%, a agropecuária 1,2% e os serviços recuaram 0,3%. Entre os componentes da demanda do PIB, a maior queda foi na formação bruta de capital fixo, o indicativo dos investimentos feitos no país caiu 6,4%. O consumo das famílias recuou 4%, enquanto as importações caíram 3,4%. Já o consumo do governo cresceu 0,3% e as exportações de bens e serviços subiram 2,9%.

De acordo com o IBGE, o consumo das famílias, que tem peso de quase 60% no cálculo do PIB, vem apresentando queda desde o terceiro trimestre de 2001. Na comparação com o segundo trimestre de 2002, a queda foi de 7,1%, a maior de toda a série histórica trimestral.

No primeiro semestre de 2003 o crescimento foi de 0,3% em relação ao mesmo período de 2002.
O setor agropecuário contribuiu com crescimento de 5,7% e o de serviços com 0,4% para a taxa positiva de 0,3% de crescimento do PIB. A indústria teve queda de 0,5% no período, puxada pelo recuo de 6,5% da construção civil.

Também nos primeiros seis meses de 2003, o consumo das famílias continuou em declínio, registrando queda de 4,7% na comparação com o mesmo período de 2002. Em contrapartida, o consumo do governo cresceu 0,3% na mesma comparação. As exportações de bens e serviços subiram 25,3%, enquanto as importações caíram 5,3%.

O Ministério do Planejamento divulgou nota explicando que o aumento do PIB no semestre foi possível graças à firmeza na condução da política macroeconômica, permitindo reversão gradual das políticas contracionistas desde junho último. Além disso sugere que haverá recuperação do nível da atividade a partir do terceiro trimestre do ano, com a aceleração da produção industrial e das vendas do comércio.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 29 de Setembro de 2020
Segunda, 28 de Setembro de 2020
10:08
Campo Grande
Domingo, 27 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)