Cassilândia, Domingo, 23 de Abril de 2017

Últimas Notícias

17/06/2008 11:42

PF prende 39 pessoas por suspeita de contrabando

Ivan Richard , ABr

Brasília - A Polícia Federal (PF) prendeu 39 pessoas durante a Operação Pampa, iniciada na manhã de hoje (17) para desarticular uma quadrilha de contrabandistas em atuação no Rio Grande do Sul. Com o apoio da Receita Federal, a PF está cumprindo mandados de prisão preventiva e temporária e 61 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre e região metropolitana, em Santana do Livramento, Pelotas e no Vale do Sinos, além do estado de São Paulo.

Segundo nota divulgada pela PF, entre os presos estão os responsáveis por transportar os produtos a partir do Uruguai e Paraguai e os revendedores, que se utilizavam de lojas de fachada, inclusive com sites na internet, para revender os produtos contrabandeados.

As investigações começaram após a Operação Plata, realizada pela Polícia Federal em novembro de 2005, que desmontou uma organização criminosa especializada em contrabando, em atividade em vários estados do Brasil. Após essa ação, verificou-se que alguns dos criminosos continuavam em atividade.

Durante as investigações, informa a nota, foram efetuados 21 flagrantes de contrabando em diversas cidades gaúchas. Entre os produtos importados ilegalmente destacam-se notebooks, videogames, câmeras digitais, perfumes, CDs e DVDs virgens, queijos e até mesmo armas de fogo e munição. Em um desses flagrantes, foram apreendidas mercadorias totalizando mais de R$ 700 mil.

Os presos serão indiciados pelos crimes de contrabando e descaminho (com penas de um a quatro anos de reclusão), formação de quadrilha (com penas de um a três anos de reclusão) e tráfico internacional de arma de fogo (com penas de quatro a oito anos de reclusão).

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre. Os presos serão ouvidos na Superintendência Regional da Polícia Federal em Porto Alegre e encaminhados para o Presídio Central e a Penitenciária Feminina Madre Pelletier. Participam da ação 270 policiais federais e 53 servidores da Receita Federal.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 22 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 21 de Abril de 2017
11:00
Mundo Fitness
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)