Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/12/2005 14:37

PF irá definir se incêndio no INSS foi criminoso

A perícia sobre as causas do incêndio que destruiu hoje seis andares do edifício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), em Brasília, deve ficar pronta nos próximos 15 dias.

Esse prazo em geral é de 30 dias, mas o Corpo de Bombeiros tentará agilizar esse processo.

De acordo com o comandante-geral da operação, coronel Sossígenes de Oliveira Filho, essa perícia irá determinar se houve ação pessoal direta no incêndio. Se isso for comprovado, ficará com a Polícia Federal a tarefa de dizer se foi um incêndio criminoso ou não.

Peritos da PF já acompanham o trabalho feito no prédio do INSS.

O incêndio demorou cerca de 3 horas para ser controlado. No início do fogo, por volta das 7h, apenas os funcionários da limpeza e da segurança estavam no prédio. Não houve feridos.

Foram mobilizados cerca de 30 veículos do Corpo de Bombeiros, entre eles 12 caminhões e 150 homens da corporação. Também ajudaram na operação a Polícia Militar do Distrito Federal, o Detran (Departamento de Trânsito), a Caesb (Companhia de Água e Esgotos de Brasília) e a Polícia Federal.

As condições do prédio também colaboraram para a propagação do incêndio. Segundo Oliveira Filho, o INSS não contava com sprinklers ("chuveirinho" que é acionado quando detecta calor) e houve falha na pressurização da água, o que impediu o combate interno do fogo.

Técnicos da Defesa Civil irão avaliar os danos causados e verificar se há possibilidade de desabamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)