Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

15/06/2007 07:16

PF indicia 101 pessoas na Operação Xeque-Mate

rmtonline

A Polícia Federal indiciou 101 pessoas nos dois inquéritos da Operação Xeque-Mate. O primeiro, da Justiça Federal, investigou a máfia dos caça-níqueis, levou ao indiciamento de 58 pessoas, enquanto que o segundo da Justiça Estadual, apurou o envolvimento de policiais com o tráfico de drogas e o desmanche de veículos roubados, resultou no indiciamento de 43 pessoas.

O trabalho da Polícia Federal terminou em um relatório que diz em relação a máfia dos caça-níqueis que existem cinco organizações criminosas.

As quadrilhas agiam na fabricação das máquinas caça-níqueis, feitas com componentes importados ilegalmente; na manutenção destes equipamentos; no controle de apostas, prêmios e arrecadação; na movimentação do dinheiro; e na corrupção de policiais.

O ex-deputado estadual pelo Paraná, Nilton Cezar Servo, é apontado como o principal chefe da máfia do jogo ilegal. Em razão das conversas com ele, o irmão do presidente Lula, Genilval Inácio da Silva, oVavá, foi indiciado por exploração de prestígio e tráfico de influência.

Em depoimento Vavá, confirmou que realmente pediu R$ 2 mil a Nilton Cezar Servo, mas que o pedido foi feito uma única vez, e que sobre a conversa com o presidente Lula, foi uma sondagem para saber se havia a possibilidade máquinas de terraplanagem para trabalhar em uma obra da Vale do Rio Doce. O que foi totalmente negado pelo presidente.

Vavá disse também que nunca conseguiu vantagens se aproveitando do fato de ser irmão do presidente da República.

O relatório final da investigação afirma: “Vavá usa sua suposta influência política para defender os interesses de Nilton Cezar Servo e/ou pessoas por ele indicadas junto a órgãos da administração pública e da Justiça, mediante recebimento de dinheiro”.

Ontem à tarde o MPF recebeu o inquérito e vai oferecer denúncia na segunda-feira. Três procuradores da República que acompanharam as investigações desde o início estão analisando a documentação e não vão pedir mais prisões além das que já foram decretadas.

Durante a Operação Xeque-Mate 80 pessoas foram presas. Um total de 58 vão responder as acusações em liberdade, 22 estão presas e 4 estão foragidas.


Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)