Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2007 07:16

PF indicia 101 pessoas na Operação Xeque-Mate

rmtonline

A Polícia Federal indiciou 101 pessoas nos dois inquéritos da Operação Xeque-Mate. O primeiro, da Justiça Federal, investigou a máfia dos caça-níqueis, levou ao indiciamento de 58 pessoas, enquanto que o segundo da Justiça Estadual, apurou o envolvimento de policiais com o tráfico de drogas e o desmanche de veículos roubados, resultou no indiciamento de 43 pessoas.

O trabalho da Polícia Federal terminou em um relatório que diz em relação a máfia dos caça-níqueis que existem cinco organizações criminosas.

As quadrilhas agiam na fabricação das máquinas caça-níqueis, feitas com componentes importados ilegalmente; na manutenção destes equipamentos; no controle de apostas, prêmios e arrecadação; na movimentação do dinheiro; e na corrupção de policiais.

O ex-deputado estadual pelo Paraná, Nilton Cezar Servo, é apontado como o principal chefe da máfia do jogo ilegal. Em razão das conversas com ele, o irmão do presidente Lula, Genilval Inácio da Silva, oVavá, foi indiciado por exploração de prestígio e tráfico de influência.

Em depoimento Vavá, confirmou que realmente pediu R$ 2 mil a Nilton Cezar Servo, mas que o pedido foi feito uma única vez, e que sobre a conversa com o presidente Lula, foi uma sondagem para saber se havia a possibilidade máquinas de terraplanagem para trabalhar em uma obra da Vale do Rio Doce. O que foi totalmente negado pelo presidente.

Vavá disse também que nunca conseguiu vantagens se aproveitando do fato de ser irmão do presidente da República.

O relatório final da investigação afirma: “Vavá usa sua suposta influência política para defender os interesses de Nilton Cezar Servo e/ou pessoas por ele indicadas junto a órgãos da administração pública e da Justiça, mediante recebimento de dinheiro”.

Ontem à tarde o MPF recebeu o inquérito e vai oferecer denúncia na segunda-feira. Três procuradores da República que acompanharam as investigações desde o início estão analisando a documentação e não vão pedir mais prisões além das que já foram decretadas.

Durante a Operação Xeque-Mate 80 pessoas foram presas. Um total de 58 vão responder as acusações em liberdade, 22 estão presas e 4 estão foragidas.


Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)