Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/06/2005 13:00

PF incinera 70 toneladas de drogas apreendidas em MS

Fernanda Mathias / Campo Grande News

A Polícia Federal vai incinerar no próximo dia 24 de junho 70 toneladas de drogas apreendidas pelas delegacias de Ponta Porã, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Naviraí. A queima da droga, no interior paulista, será acompanhada pelo ministro de Justiça, Márcio Thomaz Bastos, o diretor- geral do Departamento de Polícia Federal, Paulo Fernando da Costa Lacerda, o superintendente regional em Mato Grosso do Sul Delci Carlos Teixeira e outras autoridades. As drogas foram apreendidas entre junho do ano passado e maio deste e representam 4 toneladas a menos que da incineração do ano passado.
A solenidade será na Companhia Votorantim/Cimentos, em Salto de Pirapora, a 120 quilômetros da capital paulista. No local também será incinerada parte das drogas apreendidas pela Polícia Federal de São Paulo, cerca de 10 toneladas e pela PF do Paraná - 15 toneladas, totalizando 95 toneladas de drogas. A queima ocorre em função da Semana Nacional Antidrogas (de 19 a 26 de junho), que em todo o País totalizará 140 toneladas dre entorpecentes.
O transporte da droga de Campo Grande a Salto de Pirapora recebe a denominação “Operação Pantanal V”. O esquema vai envolver mais de 60 policiais federais com viaturas da PF, do COT (Comando de Operações Táticas), grupo de elite da PF de Brasília, dois helicópteros da Coordenação de Aviação Operacional do DPF e ainda viaturas não ostensivas. Serão quatro carretas carregadas com o entorpecente, que seguem às 6 horas do dia 22, com previsão de chegada em Salto de Pirapora ao meio dia de 23 de junho. Haverá pernoite no Quartel do 37º Batalhão de Infantaria Motorizada, do Exercito Brasileiro, em Lins (SP).
A P destaca que a apreensão de drogas é só um começo do enfrentamento do crime organizado, cuja meta principal é atingir a base financeira, através de Inquéritos Policiais instaurados para apurar os crimes diretamente ligados ao tráfico, como a lavagem e remessa de dinheiro para o exterior, através de “laranjas” e “fantasmas”.
Nos últimos cinco anos, 445 inquéritos policiais foram instaurados para apurar o chamado crime de “lavagem de dinheiro”, na superintendência da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul, resultando em apreensões e incorporações de bens, antes a serviço do tráfico, ao patrimônio da União.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)