Cassilândia, Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

27/08/2020 15:00

PF faz operação contra narcotráfico na fronteira com o Paraguai

Ação abrange DF, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Santa Catarina e SP

Redação
PF faz operação contra narcotráfico na fronteira com o Paraguai

Policiais federais saíram às ruas hoje (27) em diferentes áreas do Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo para cumprir 21 mandados judiciais de prisão e 67 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de integrar uma organização criminosa que se associou para controlar o tráfico internacional de drogas na fronteira entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai.

Em nota, a Polícia Federal (PF) informou, sem mencionar nomes, que o principal alvo da investigação “é mundialmente conhecido pelo seu envolvimento com o tráfico internacional de drogas e também de armas”, já tendo sido preso no Paraguai, de onde foi expulso em 2017, quando passou a cumprir pena em estabelecimentos prisionais federais do Brasil.

A Agência Brasil apurou tratar-se de Jarvis Parvão, que cumpre pena na Penitenciária Federal de Brasília. Razão do nome dado à operação deflagrada hoje, com o apoio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e da Receita Federal, Pavo Real, nome que, segundo a própria PF, “faz referência à alcunha (codinome) pelo qual é chamado o investigado”.

O cumprimento dos mandados de prisão (sendo 16 preventivas e cinco temporárias) e de busca e apreensão, foi autorizado pela 3ª Vara da Justiça Federal, em Rondônia, especializada em delitos praticados por organizações criminosas, contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. Outras cinco pessoas investigadas tiveram as prisões convertidas em domiciliar, em razão de suas idades e por possuírem filhos menores.

Ocultação de bens patrimoniais
Em nota, a PF informou que vem investigando os suspeitos desde o ano passado, e que, neste tempo, reuniu provas da existência de um esquema criminoso de ocultação de bens patrimoniais adquiridos com o dinheiro obtido ilegalmente. De acordo com a PF, parentes de Jarvis Parvão, incluindo sua esposa, mãe, padrasto, filhos, genros, irmãos e sobrinhos, participavam do esquema de lavagem de dinheiro. Todos tiveram prisões decretadas pela 3ª Vara da Justiça Federal.

A Justiça Federal também determinou o bloqueio de mais de R$ 302 milhões das contas de 96 investigados, entre pessoas físicas e jurídicas, e a suspensão da atividade comercial de 22 empresas que, segundo os investigadores, eram usadas para movimentar valores ilícitos. A Justiça Federal também determinou o sequestro de 17 veículos de luxo, com valores individuais de mercado superiores a R$ 100 mil cada, e que, somados, totalizam R$ 2,3 milhões, além do sequestro de todos os veículos em nome/em uso pelos investigados.

Também foram sequestrados, com autorização judicial, 50 imóveis, cujos valores, somados, ultrapassam R$ 50 milhões, de acordo com a PF. Dezenas de outros imóveis registrados em nome de investigados também foram sequestrados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 29 de Outubro de 2020
Quarta, 28 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)