Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/11/2009 15:20

PF abre 54 inquéritos para investigar ação de policiais

Bruno Bocchini , Agência Brasil

São Paulo - Por requisição do Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo, a Polícia Federal (PF) abriu, na última semana, 54 inquéritos para apurar procedimentos de sua corregedoria, que investiga crimes cometidos por policiais federais.

Além de abrir os inquéritos, a PF entregou ao MPF a lista completa de sindicâncias internas abertas pela instituição em São Paulo, solicitada desde junho de 2008. Mesmo sem a lista, o MPF, com investigações próprias, constatou e denunciou casos em que a PF tratava de crimes praticados por policiais federais somente no âmbito administrativo interno, sem instaurar o devido inquérito policial ou comunicar os fatos criminosos ao MPF.

O Ministério Público informou ainda que descobriu narrativas de delegados federais sobre desvio de bens, especialmente no procedimento de número 53/2005. Segundo o MPF, um delegado afirma que a forma como os produtos eram apreendidos e contados pela Delegacia de Crimes Fazendários facilitava o estabelecimento de esquema de desvio de mercadorias, que poderiam chegar a valores mínimos em torno de R$ 1,5 milhão por ano.

Para o procurador da República Roberto Antonio Dassié Diana, coordenador do Grupo de Controle Externo da Atividade Policial do MPF-SP, a decisão da Polícia Federal de abrir os inquéritos somente agora confirma a suspeita inicial do Ministério Público de que fatos criminosos que surgiam nas investigações internas da instituição deixavam de ser apurados ou demoravam para ser investigados criminalmente.

O MPF ainda vai analisar os documentos entregues e verificar as providências a serem tomadas, incluindo eventual responsabilização de quem não abriu inquérito policial e, porventura, deixou crimes prescreverem.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)