Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/04/2010 09:20

Petrobras se torna a 18ª maior empresa do mundo

Midiamax

Entre as cem maiores companhias do planeta, de acordo com a revista, agora há cinco brasileiras, contra três do ano passado. A melhor colocada é a Petrobrás, que aparece no 18.º lugar, subindo sete posições em relação a 2009. Entretanto, o maior avanço foi percebido no setor bancário: o Bradesco ganhou 27 posições, passando da 78.ª para a 51.ª colocação, liderando entre os grupos privados nacionais. Banco do Brasil e Itaú, que não apareciam entre as cem primeiras até o ano passado, agora estão no 52.º e 82.º lugares, respectivamente. Na contramão, a mineradora Vale perdeu seis posições, e agora está em 80.º lugar.

A lista completa da Forbes inclui as 2 mil maiores empresas privadas no mundo. O ranking leva em conta fatores como receita, lucro, total de ativos e valor de mercado. No cenário mais amplo, a participação brasileira também cresceu: em 2009, foram incluídas 31 companhias brasileiras. Agora, são 33. Força dos bancos. Tanto o Banco do Brasil quanto o Itaú cresceram com aquisições: o BB comprou a Nossa Caixa e o Banco Votorantim, enquanto os dados do Unibanco foram incorporados à holding Itaú. Para o gerente geral de Relações com Investidores do BB, Marco Geovanne Tobias da Silva, o ano passado foi "excelente" para os bancos - o BB registrou lucro recorde de R$ 10,1 bilhões. "Participamos muito da expansão do crédito no País, e não só por conta da aquisição da Nossa Caixa e do Banco Votorantim." Para o vice-presidente do Bradesco, Domingos Abreu, as instituições financeiras foram beneficiadas também pela rápida recuperação da economia brasileira no ano passado.

O banco lucrou R$ 8 bilhões em 2009, 5% a mais que no ano anterior. "Fomos beneficiados pelo próprio comportamento do Brasil, porque 100% dos nossos negócios estão aqui." Commodities. Quando se analisa a lista das dez maiores empresas do mundo, percebe-se a evolução dos bancos e a retração das empresas que dependem de commodities. O banco americano JP Morgan Chase, que está no topo do ranking em 2010, aparecia em 16.º lugar no ano passado. Já a holandesa Royal Dutch Shell, que estava na 2.ª posição em 2009, agora está no 8.º lugar. A Petrobrás driblou a regra geral do mercado ao subir sete posições no ranking.

A empresa lucrou R$ 29 bilhões em 2009, 12% a menos que no ano anterior. Já a Vale sofreu mais com a redução do apetite internacional por minério de ferro. Segundo o analista Leonardo Alves, da Link Investimentos, a empresa viu os preços de seu principal produto caírem 33% em 2009. O lucro da empresa caiu mais de 50% no ano passado, para R$ 10,2 bilhões. "Estreias". Na lista completa, que inclui 2 mil empresas, há mais "novatas" brasileiras. Empresas que passaram por consolidação - Unibanco, Nossa Caixa, e Aracruz, por exemplo - deixaram o ranking, abrindo espaço para estreantes como Net Serviços (TV por assinatura), Weg (motores), Fosfértil (fertilizantes) e Sul América (seguros). Nesse ranking, cresceram também empresas que passaram por consolidação, como a Brasil Foods (fusão de Perdigão e Sadia) e Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar), que adquiriu as redes Ponto Frio e Casas Bahia.

Ambas subiram cerca de 800 posições: a BRF aparece agora no 953.º lugar, enquanto a CBD está na 701.ª colocação. comentários para este post 2comente também 2 José A S Neto 24 de abril de 2010 | 7h 26Denunciar este comentário Não publiquem isso! Vão matar do coração aqueles que sempre quiserão e ainda não desistiram de entregar (de graça) esta grande empresa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)