Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

24/04/2010 09:20

Petrobras se torna a 18ª maior empresa do mundo

Midiamax

Entre as cem maiores companhias do planeta, de acordo com a revista, agora há cinco brasileiras, contra três do ano passado. A melhor colocada é a Petrobrás, que aparece no 18.º lugar, subindo sete posições em relação a 2009. Entretanto, o maior avanço foi percebido no setor bancário: o Bradesco ganhou 27 posições, passando da 78.ª para a 51.ª colocação, liderando entre os grupos privados nacionais. Banco do Brasil e Itaú, que não apareciam entre as cem primeiras até o ano passado, agora estão no 52.º e 82.º lugares, respectivamente. Na contramão, a mineradora Vale perdeu seis posições, e agora está em 80.º lugar.

A lista completa da Forbes inclui as 2 mil maiores empresas privadas no mundo. O ranking leva em conta fatores como receita, lucro, total de ativos e valor de mercado. No cenário mais amplo, a participação brasileira também cresceu: em 2009, foram incluídas 31 companhias brasileiras. Agora, são 33. Força dos bancos. Tanto o Banco do Brasil quanto o Itaú cresceram com aquisições: o BB comprou a Nossa Caixa e o Banco Votorantim, enquanto os dados do Unibanco foram incorporados à holding Itaú. Para o gerente geral de Relações com Investidores do BB, Marco Geovanne Tobias da Silva, o ano passado foi "excelente" para os bancos - o BB registrou lucro recorde de R$ 10,1 bilhões. "Participamos muito da expansão do crédito no País, e não só por conta da aquisição da Nossa Caixa e do Banco Votorantim." Para o vice-presidente do Bradesco, Domingos Abreu, as instituições financeiras foram beneficiadas também pela rápida recuperação da economia brasileira no ano passado.

O banco lucrou R$ 8 bilhões em 2009, 5% a mais que no ano anterior. "Fomos beneficiados pelo próprio comportamento do Brasil, porque 100% dos nossos negócios estão aqui." Commodities. Quando se analisa a lista das dez maiores empresas do mundo, percebe-se a evolução dos bancos e a retração das empresas que dependem de commodities. O banco americano JP Morgan Chase, que está no topo do ranking em 2010, aparecia em 16.º lugar no ano passado. Já a holandesa Royal Dutch Shell, que estava na 2.ª posição em 2009, agora está no 8.º lugar. A Petrobrás driblou a regra geral do mercado ao subir sete posições no ranking.

A empresa lucrou R$ 29 bilhões em 2009, 12% a menos que no ano anterior. Já a Vale sofreu mais com a redução do apetite internacional por minério de ferro. Segundo o analista Leonardo Alves, da Link Investimentos, a empresa viu os preços de seu principal produto caírem 33% em 2009. O lucro da empresa caiu mais de 50% no ano passado, para R$ 10,2 bilhões. "Estreias". Na lista completa, que inclui 2 mil empresas, há mais "novatas" brasileiras. Empresas que passaram por consolidação - Unibanco, Nossa Caixa, e Aracruz, por exemplo - deixaram o ranking, abrindo espaço para estreantes como Net Serviços (TV por assinatura), Weg (motores), Fosfértil (fertilizantes) e Sul América (seguros). Nesse ranking, cresceram também empresas que passaram por consolidação, como a Brasil Foods (fusão de Perdigão e Sadia) e Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar), que adquiriu as redes Ponto Frio e Casas Bahia.

Ambas subiram cerca de 800 posições: a BRF aparece agora no 953.º lugar, enquanto a CBD está na 701.ª colocação. comentários para este post 2comente também 2 José A S Neto 24 de abril de 2010 | 7h 26Denunciar este comentário Não publiquem isso! Vão matar do coração aqueles que sempre quiserão e ainda não desistiram de entregar (de graça) esta grande empresa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)