Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/09/2006 07:26

Petrobras confirma pagamento de imposto a Bolívia

Nielmar de Oliveira/ABr

A Petrobras confirmou ontem o pagamento da primeira das cinco parcelas de US$ 32,34 milhões, relativas ao imposto adicional fixado pelo governo boliviano a partir da decisão do presidente Evo Morales de nacionalizar reservas e ativos das empresas petrolíferas que atuam no país.

O valor envolve as três petroleiras que exploram em sociedade os campos de San Alberto e San Antônio. Além da estatal brasileira, a quantia foi rateada entre a Repsol YPF e a TotalFina.

Ao todo, as três companhias pagarão ao governo boliviano US$ 161 milhões, relativos aos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro. A primeira parcela refere-se a maio. A parte da Petrobras foi de US$ 11,32 milhões.

O total pago corresponde ao imposto adicional de 32% sobre o valor da produção dos dois campos, localizados em Santa Cruz de La Sierra. Antes do decreto baixado por Morales, as petroleiras pagavam ao governo boliviano 50% do valor total da produção. Com a nacionalização, este percentual subiu para 82%.

A Petrobras importa atualmente cerca de 24 milhões de metros cúbicos diários de gás natural, através do gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol).

O pagamento feito ao governo boliviano acontece em meio ao impasse nas negociações com a Bolívia sobre os critérios de implementação, na prática, do decreto de nacionalização, bem como as negociações sobre o preço pago pela estatal brasileira pelo gás importado.

A Bolívia sustenta que o preço encontra-se defasado. A Petrobras garante que os reajustes feitos trimestralmente com base na variação de uma cesta de produtos petrolíferos no mercado internacional vem mantendo o preço atualizado.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)