Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/05/2005 15:43

Petistas intensificam reuniões para discutir CPI

Fabiana Silvestre / Campo Grande News

Os líderes petistas na Câmara Federal e no Senado estão intensificando as reuniões para discutir a estratégia de atuação na CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) para apurar denúncias de corrupção na Empresa de Correios e Telégrafos.
O líder do partido no Senado, Delcídio do Amaral, convocou reunião para a segunda-feira (30), às 18h, com os demais 12 senadores do partido. No mesmo dia, os 92 deputados do partido também devem se reunir, segundo informa o deputado Antônio Carlos Biffi.
Novo encontro, desta vez entre deputados e senadores, já está agendado para terça-feira (1º). Além de definir a estratégia de atuação, os parlamentares devem discutir a indicação dos nomes para compor a comissão.
“Como temos a maior bancada na Casa, devemos indicar o relator ou presidente da comissão. Ou os dois”, afirma Biffi.
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), deve enviar nesta sexta-feira ofício aos líderes solicitando a indicação dos integrantes da comissão.
A CPMI foi criada após a confirmação, à meia-noite de quarta-feira (25), das assinaturas de 236 deputados e de 52 senadores. Para que a comissão fosse estabelecida, seriam necessários 171 deputados e 27 senadores, que representam um terço da composição de cada uma das duas Casas do Congresso Nacional.
Após a conferência das assinaturas, verificou-se que 31 deputados retiraram seu apoio à criação da CPMI até a meia-noite de quarta-feira. Mesmo assim, a instauração da comissão foi apoiada por 65 deputados a mais do que o mínimo necessário. No Senado, não houve retirada de apoio. Às 51 assinaturas que já haviam sido coletadas, foi acrescida a do senador Eduardo Suplicy (PT-SP).
Uma vez instalados os trabalhos, a comissão disporá do prazo de 180 dias para apurar o que o requerimento de sua criação definiu como "responsabilidades pelos atos delituosos" que teriam sido praticados por "agentes públicos" nos Correios.
As indicações partidárias são pré-condição para a instalação da CPMI. Caso algum partido ou bloco partidário não apresente suas indicações, os integrantes da comissão ligados a este partido ou bloco poderão ser nomeados diretamente pelo presidente do Senado, segundo determina o parágrafo primeiro do artigo 9 do Regimento Comum do Congresso Nacional. O dispositivo não cita, porém, prazo para que a indicação seja feita pelas lideranças. Com informações da agência de notícias do Senado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)