Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

17/02/2016 18:00

Pesquisadores destacam o ‘marco zero’ do Alzheimer

EPharma Notícias

Uma região crítica mas vulnerável no cérebro parece ser o primeiro lugar afetado pelo início tardio da doença de Alzheimer e pode ser mais importante para a manutenção da função cognitiva na terceira idade do que anteriormente estimado, de acordo com uma nova revisão da literatura científica.

O “locus coeruleus” é uma parte pequena e azulada do tronco cerebral que libera noradrenalina, um neurotransmissor responsável pela regulação do ritmo cardíaco, atenção, memória e cognição. Suas células, ou neurônios, enviam axônios — ramos nervosos — para grande parte do cérebro e ajudam a regular a atividade dos vasos sanguíneos. Sua alta interconectividade pode tornar a região mais suscetível aos efeitos de toxinas e infecções, em comparação com outras regiões do cérebro, disse Mara Mather, principal autora do estudo “The Locus Coeruleus: Essential for Maintaining Cognitive Function and the Aging Brain”, publicado em “Trends in Cognitive Sciences” nesta terça-feira.

Mara, professora de gerontologia e psicologia na University of Southern California, acrescentou que o locus coeruleus é a primeira região do cérebro a mostrar a “patologia tau” — emaranhados de proteína que se alastram lentamente e que podem mais tarde tornar-se indícios de doença de Alzheimer. Embora nem todo mundo vá desenvolver essa moléstia, resultados de necrópsias indicam que a maioria das pessoas tem algumas indicações iniciais da patologia tau no locus coeruleus na idade adulta, ela acrescentou.

A norepinefrina liberada a partir do locus coeruleus pode contribuir para evitar sintomas de Alzheimer. Estudos realizados com ratos e camundongos demonstraram que a norepinefrina ajuda a proteger os neurônios de fatores que matam as células e aceleram a doença de Alzheimer, tais como a inflamação e a estimulação excessiva de outros neurotransmissores.

Já a noradrenalina é liberada quando alguém está exercendo atividades que demandam da mente, quer se trate de resolver problemas no local de trabalho, completar um quebra-cabeças de palavras, ou tocar uma difícil peça musical.

“Educação e carreiras envolventes produzem uma ‘reserva cognitiva’ na terceira idade, ou um desempenho eficaz do cérebro, apesar da invasiva patologia”, disse Mara. “A ativação do sistema locus coeruleus-norepinefrina pela novidade e desafio mental ao longo da vida pode contribuir para essa reserva cognitiva”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)