Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/11/2008 05:06

Pesquisa sobre ética aponta que 78% não cumpriram lei

Sabrina Craide , ABr

Brasília - Uma pesquisa sobre ética e corrupção realizada pelo Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília (UnB) mostrou que 78% dos entrevistados já deixaram de seguir a lei, e que 42% não tiveram medo de ser punidos ao descumprir a legislação.

Entre as razões apontadas para o descumprimento da lei estão a discordância da legislação (25,7%) e o fato de os entrevistados acharem a lei confusa (19,2%). A pesquisa foi feita a partir de um pedido da Comissão de Ética da Presidência da República e entrevistou duas mil pessoas em todo o Brasil.

Segundo o estudo, 50,3% das pessoas disseram que contratariam parentes se fossem servidores públicos ou políticos. Outros 41% admitiram que recorreriam à propina para ter atendido um pedido feito à administração pública.

O questionário também abrangeu perguntas sobre o serviço público. Na opinião de 42,4% dos entrevistados, os servidores atuam para agradar aos políticos que os indicaram, para beneficiar os amigos e para agradar a si mesmo ou à sua família. Além disso, quase 58% consideram o serviço público amador ou semi-profissional, e 49,7% acham que os servidores públicos não estão preparados para o seu trabalho.

A Comissão de Ética informou que ainda está analisando os resultados da pesquisa.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)