Cassilândia, Domingo, 26 de Março de 2017

Últimas Notícias

17/05/2004 16:01

Pesquisa mostra que doação de empresas pode ser maior

Marli Moreira / ABr

As doações aos programas sociais feitas pelas grandes empresas do país poderiam ser bem maiores, se houvesse a participação maciça do universo de empresas que podem aplicar a Lei de Incentivos Fiscais, deduzindo do Imposto de Renda parte ou o total das transferências de ganhos. É o que mostra pesquisa divulgada hoje pelo consultor jurídico do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE), de São Paulo, Eduardo Szazi.

Os dados relativos ao ano de 2000 indicam que apenas 6% das empresas realizaram algum tipo de doação para causas sociais. De 188 mil empresas, só 2 mil participaram, somando doações no valor de R$ 550 milhões. Segundo Szazi, o volume poderia atingir R$ 4 bilhões, se a totalidade das empresas de maior renda estivesse participando.

Na opinião de Szazi, o que talvez esteja faltando é conhecimento mais detalhado sobre a aplicação da Lei de Incentivos Fiscais. Szazi informou que o número de empresas que podem recorrer aos incentivos detém 78% da renda gerada na iniciativa privada, cuja receita somou, em 2000, algo em torno de R$ 1,33 bilhão. Para o jurista, uma campanha de conscientização junto aos segmentos envolvidos poderia mudar o rumo dessas migrações financeiras. Isto já vem acontecendo no que se refere às pessoas físicas, observou, revelando que o crescimento de doações individuais aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente tem crescido de forma expressiva.

Em 2002, as doações somaram R$ 3,6 milhões e, no ano passado, passaram para R$ 39 milhões. Para este ano, a projeção é de que cheguem a R$ 49 milhões. Eduardo Szazi disse que essa elevação é resultado de campanhas de esclarecimento e de conscientização sobre o que cada um pode fazer para melhorar as condições sócio-econômicas da população.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)